fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Após perseguição da PMDF, suspeitos de roubos no Plano Piloto batem em poste

Grupo vinha efetuando assaltos em paradas de ônibus das asas Sul e Norte. Para despistar a polícia, eles chegaram a colocar fita isolante em um número da placa do carro

Willian Matos

Publicado

em

Foto: Divulgação/PMDF
PUBLICIDADE

A Polícia Militar (PMDF) perseguiu, na noite de quarta-feira (1), um carro com quatro suspeitos de cometerem roubos em paradas de ônibus das asas Sul e Norte. A perseguição começou na altura do Brasília Shopping e parou na 504, após os suspeitos colidirem com um poste de iluminação pública.

Após a batida, que veio a derrubar o poste, o motorista e a passageira do banco da frente ficaram no carro, enquanto os outros dois correram. Os que tentaram fugir foram alcançados na CLN 305.

Quando foram abordados, os quatro confessaram os assaltos. Trata-se de um casal e mais dois homens. O condutor do carro chegou a dizer que era motorista de aplicativo, mas a história caiu por terra após ele se contradizer diante dos policiais.

O grupo chegou a colocar uma fita adesiva em um dos números da placa do carro para tentar ludibriar os policiais. Veja:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com os suspeitos, foram encontrados quatro celulares e dois simulacros de arma de fogo. Os militares suspeitam de que o grupo tenha jogado outros aparelhos pela janela durante a fuga.

De início, havia a suspeita de que houve troca de tiros. No entanto, a PMDF não confirma.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade