fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Ao reencontrar filho desaparecido, pais pedem desculpas

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Ana Lúcia Ferreira
ana.ferreira@grupojbr.com

Ao reencontrar o filho, Davi , de 11 anos, desaparecido na noite desta quinta-feira (18), os pais do garoto, emocionados, pediram desculpas.  Antes, do sumiço, eles teriam tido uma discussão por conta de notas baixas na escola.

Davi Silva de Almeida foi localizado por um casal que transitava pelo Eixinho L, no final da Asa Norte, por volta das 22h40. O garoto, ainda uniformizado, seguia em direção a Ponte do Bragueto. Eles então, acionaram uma viatura da Polícia Militar que realizou a abordagem.

Segundo os militares, ao se aproximarem de Davi, ele resistiu.

” Ele demonstrava que não queria nossa ajuda. Se manteve calado durante as nossas perguntas e disse que queria ficar só”, afirmou o Tenente Ferreira ao Jornal de Brasília.

Ao ser questionado pelos militares, Davi não soube informar como chegou ao local, cerca de 16km de sua escola, o Centro de Ensino Fundamental Polivalente, na 913 Sul, lugar onde foi visto pela última vez. Em um vídeo gravado pela corporação é possível ouvir a conversa dos militares com a criança.

Leia mais: Veja vídeo do momento em que a polícia encontra o menino desaparecido

A polícia não soube confirmar a quadra, mas a criança é a família seriam moradores da Asa Norte.

Resistência

Apesar de demonstrar resistência na abordagem, os militares afirmaram que Davi não tinha sinais de uso de drogas ou deficiência aparente. Ele trajava o uniforme da escola, tênis e uma mochila com todos os seus pertences, além de uma garrafinha de água.

Os pais, Eliane Barbosa da Silva e Samir Almeida Santos e a criança foram encaminhados para a 1ª Delegacia de Policia (Asa Sul), responsável pelo caso.

Relembre

Davi Silva de Almeida desapareceu na noite desta quinta-feira (18). A família do jovem chegou a publicar nas Redes Sociais um pedido de ajuda para encontrar o garoto. No post, eles informavam que Davi teria desaparecido por volta das 18h20, do Centro de Ensino Fundamental Polivalente, localizado na 913 Sul.

O menino é filho da professora da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEE-DF), Eliane Barbosa da Silva.

 

 


Leia também
Publicidade