Siga o Jornal de Brasília

Cidades

Achada morta ao lado de mala, jovem foi assassinada por pessoas que moravam com ela



Encontrada morta ao lado de uma mala, a jovem Heloá Jade da Silva Santos, de 19 anos, foi morta por pessoas que moravam na mesma casa que ela, segundo a Polícia Civil. O caso ocorreu Águas Lindas de Goiás (GO), às margens da BR-070. Heloá teria brigado com uma gestante que também morava na residência.

Segundo Cléber Martins, delegado responsável pelo caso, tudo começou com uma briga após uma bebedeira. Heloá agrediu uma grávida e todos no lugar reprovaram a atitude dela. Em seguida, todos se juntaram e planejaram a morte. O crime ocorreu na madrugada de quinta-feira (21). Heloá morreu com um tiro na cabeça, segundo informações do G1.

De acordo com a reportagem, três pessoas foram presas logo após o assassinato. São elas: Valdomiro da Luz Barros Costa, Cássio Rodrigues Sá e Sara Alves da Luz. Heloá morava na mesma casa que Valdomiro, Sara e a grávida. Cássio não morava no local, mas dirigiu o carro até a execução da jovem.

De acordo com a polícia, todos confessaram participação no crime. Outro homem que teria relação amorosa com a gestante, também é suspeito de matar Heloá, mas está foragido. Ele seria o responsável por atirar contra  vítima.

Foto: Reprodução/ TV Anhanguera

 

Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade