Siga o Jornal de Brasília

Cidades

600 candidatos são admitidos pelo Iges-DF

Durante o evento, governador discursou para profissionais e agradeceu à Câmara Legislativa pela aprovação da lei que permitiu ampliar a atuação do Iges-DF

Aline Rocha

Publicado

em

PUBLICIDADE

Aline Rocha
redacao@grupojbr.com

De acordo com o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF), 600 candidatos foram contratados e receberam as boas-vindas e as instruções para admissão. A solenidade aconteceu nesta quinta-feira (6) no auditório do Centro de Convenções Ulysses Guimarães. O órgão afirma que 100 começam a trabalhar imediatamente, enquanto o restante terá até 10 de junho para entregar toda a documentação. 

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, o vice-governador, Paco Britto, o diretor-presidente do Iges-DF, Francisco Araújo. o secretário de saúde, Osnei Okumoto e outras autoridades participaram da solenidade.

Ibaneis elogiou o Iges-DF pela transparência e acredita que o instituto é uma das melhores soluções para a saúde, trazendo rápidos resultados para a população. “Estou feliz por vocês que passaram no processo seletivo, mas muito mais pela população, que terá um atendimento digno”, valorizou o governador, durante a solenidade. “Que vocês tenham coragem para enfrentar essa batalha. Vamos tratar nosso povo com carinho, essa é a principal mensagem que temos que passar a eles. Pouco a pouco nós iremos melhorar”.

“Fica meu agradecimento à Câmara Legislativa do Distrito Federal, porque os deputados entenderam a importância da ampliação do instituto e a melhoria da sua gestão. Eles vieram do recesso, em janeiro, fizeram uma reunião extraordinária e aprovaram a ampliação, o que possibilita que todos vocês estejam aqui hoje para prestar serviço à sociedade”, disse.

O governador destacou que o governo está trabalhando para habilitar as seis Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do DF, que não recebem recursos federais pela precariedade do atendimento no local. Além disso, reafirmou o projeto de construção de mais seis UPAs no DF. “Além disso, tenho sido consultado por alguns deputados que querem incluir outros quatro hospitais do DF no IGESDF, que são o Hospital do Guará, de Planaltina, o de Brazlândia, além de um quarto. Nós já estamos estudando essa possibilidade”, concluiu.

Processo seletivo

O processo seletivo contou com mais de 44 mil inscritos para aproximadamente os cargos. Até segunda-feira (10), a previsão é de que 619 candidatos convocados sejam admitidos. Destes 468 profissionais para UPAs, o que inclui médicos, técnicos de enfermagem e enfermeiros. Os outros 151 serão alocados no Hospital Regional de Santa Maria (HRSM).

“Tratem bem o cidadão e o usuário para nos ajudar a conseguir produzir os resultados na saúde pública que foram pactuados com a sociedade. Hoje, somos um dos maiores complexos hospitalares da América Latina. Estamos empregando mais de 2,5 mil pessoas. Queremos dar dignidade para nossa população. Essa contratação é a prova de que fazendo esforços nós alcançaremos nosso objetivo”, disse Araújo.

O secretário de Saúde parabenizou os candidatos e enfatizou que eles serão recebidos “de braços abertos”.  “O nosso modelo de gestão é muito importante para o Brasil. Muitos gestores de outros estados têm procurado o DF para entender esse modelo que está fortalecendo o SUS. Fazer mais uma expansão é uma questão de tempo. Todos vão ver que esse modelo é  importante é que vai dar certo para atender a população”, disse.

Durante o evento, quatro profissionais receberam crachás para simbolizar o início da contratação feita pelo instituto. De acordo com a deputada federal Celina Leão, que compareceu ao evento, é importante ressaltar os esforços para melhorar a saúde desde 2018. “A busca pela melhoria da Saúde começou na transição, quanto o governador foi em busca de recursos federais. Estávamos perdendo quase R$ 1 bilhão na saúde por falta de projeto ou execução”, concluiu.

Contratações

O Iges-DF ainda fará seleção de candidatos e a previsão é de que 2.420 profissionais sejam contratados para recompor os recursos humanos nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) e Hospital de Base (HB). Os candidatos devem aguardar o recebimento de uma mensagem via e-mail para entregar a documentação.

 

Com informações do Iges-DF


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade