Brasília

Vacinação no DF começa nesta terça-feira (19), às 10h

Doses da Coronavac chegaram à capital federal nesta segunda (18); idosos com mais de 75 anos não serão vacinados já nesta terça (19)

Por Willian Matos 18/01/2021 3h33

O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, confirmou, em entrevista coletiva, data e hora do início da vacinação contra a covid-19 no Distrito Federal. Osnei afirmou que a imunização começa nesta terça-feira (19), às 10h.

O objetivo era começar a vacinação ainda nesta segunda-feira (18), mas, segundo o secretário, o atraso no voo da Força Aérea Brasileira (FAB) que trouxe de São Paulo as doses da Coronavac, levou o GDF a adiar o início.

“Devido ao atraso de quase uma hora do voo, iniciaremos a vacinação amanhã, com o número exato de vacinas que serão aplicadas ao mesmo tempo”, afirmou o secretário. O avião Hércules C-130, da FAB, chegou às 14h49 desta segunda (18) à Base Aérea de Brasília.

O DF utilizará, neste primeiro momento, 105,9 mil doses da Coronavac, vacina produzida pelo Instituto Butantan (SP) em parceria com a chinesa Sinovac Biotech. Elas chegaram à Rede de Frio, no SIA, passarão por análise e climatização para, depois, serem distribuídas às 169 salas de vacina instaladas em hospitais, postos de saúde e afins. Os hospitais regionais de Gama, Sobradinho, Planaltina, Taguatinga, Ceilândia, Asa Norte e Região Leste (Paranoá), além da UPA do Núcleo Bandeirante, devem ser abastecidas já nesta terça (18).

Foto: Vítor Mendonça/Jornal de Brasília

Idosos não serão inicialmente vacinados

As 105,9 mil doses não serão suficientes para vacinar o primeiro dos quatro grupos prioritários, composto por profissionais da saúde, idosos acima de 75 anos e pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência (como asilos, por exemplo). Por isso, a Secretaria de Saúde decidiu retirar os idosos da lista, reduzindo o quantitativo para cerca de 27.500 pessoas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Sendo assim, idosos acima de 75 anos não poderão ser vacinados já nesta terça (19). Eles terão remanejados para o segundo grupo prioritário, composto por pessoas de 60 a 74 anos. O objetivo é que todos os profissionais de saúde e pessoas de instituições de longa permanência sejam vacinados o mais breve possível, recebendo as duas doses necessárias dentro do prazo de 14 dias.

O subsecretário de Atenção Integral a Saúde, Alexandre Garcia, reforçou e pediu auxílio da mídia para que se reforce que, neste primeiro momento, apenas a população acima mencionada será vacinada. “É só o início de um processo que esperou-se muito tempo para começar”, comentou.

Garcia afirmou que as pessoas deverão procurar as salas de vacinação para receber o imunizante, exceto indígenas, idosos em instituições de longa permanência e cidadãos acamados ou com incapacidade de locomoção.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero, afirmou que a expectativa real de conclusão da vacinação é até o fim de 2021. Garcia reforçou e disse que não tem dúvidas de que toda a população do DF e Entorno será vacinada ainda este ano.

Equipe da SES-DF em coletiva. Foto: Reprodução

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar