Menu
Brasília

Sebrae-DF: ‘Movimente’ debate fortalecimento do empreendedorismo feminino

Na abertura do evento, hoje (29), Celina Leão falou da importância da pauta no combate a violência doméstica

Carolina Freitas

29/02/2024 23h43

Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Com foco em debater propostas para fortalecer o empreendedorismo feminino no Distrito Federal, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-DF), realiza até amanhã (1°) a primeira edição do ‘Movimente’. O evento é gratuito e acontece no Complexo Brasil 21, na Asa Sul.

A abertura do evento ocorreu hoje (29) com a presença da vice-governadora Celina Leão, segunda-dama do Brasil, Lu Alckmin, superintendente do Sebrae-DF, Rose Rainha, da secretaria da Mulher, Giselle Ferreira, e outras autoridade do DF. A programação do primeiro dia contou com um talk show sobre empreendedorismo mundial e show em homenagem às empreendedoras com Alcione.

Celina exaltou a iniciativa do Sebrae-DF e falou sobre a importância da pauta para combater a violência contra a mulher. “A pauta do empreendedorismo pode mexer com outras vertentes tão importantes, como: o desenvolvimento do nosso país e o combate a violência contra as mulheres. Incluir a mulher na economia é realmente criar aquilo que a Constituição do Brasil fala que é a igualdade de deveres e direitos”.

“Outro ponto importante deste evento é o documento que será produzido durante estes dois dias. Será um documento com análise profunda dos rumos a serem seguidos. Eu tenho certeza de que o governo do DF terá um papel fundamental na recepção desses documentos e encaminhamento das propostas feitas pelo Sebrae”, afirmou a vice-governadora.

O Movimente pretende discutir e propor políticas públicas, projetos, programas e iniciativas da sociedade civil e empresarial para impulsionar o empreendedorismo feminino na capital. O evento foi pensado pelo Sebrae-DF após ouvir mais de três mil mulheres brasilienses sobre os desafios enfrentados no mundo dos negócios.

O evento busca ir além da exposição dos problemas enfrentados pelas empreendedoras, mas também visa criar uma agenda de desenvolvimento efetiva para essas mulheres. A intenção é elaborar um plano de iniciativas, envolvendo toda a sociedade, com foco na independência financeira, ascensão social, redução das desigualdades de gênero e promoção de oportunidades para as mulheres do DF.

A superintendente do Sebrae-DF, Rose Rainha, destacou o processo de elaboração do evento e os objetivos finais da iniciativa: “Esse grande evento foi pensado no ano passado, no mês da mulher, e após isso começamos os trabalhos. Nós fizemos uma grande pesquisa em todo o DF onde mapeamos as dificuldades das mulheres em empreender”.

“No final do evento teremos 80 pessoas que vão dedicar seu tempo para elaborar um estudo sobre o empreendedorismo feminino. Nós queremos saber o que podemos fazer através de políticas públicas para atingir todas as mulheres do DF”, completou Rose.

O segundo dia do evento, e encerramento, acontece amanhã (1°) das 9h às 18h. Na programação estão previstas a realização de quatro fóruns temáticos, com os temas: Consciência Social, Empreendedorismo e Inovação, Vulnerabilidade e Saúde da Mulher. Participam dos fóruns: especialistas, empresários, magistrados, acadêmicos e autoridades do governo.

Além do mais, o evento contará com uma palestra sobre violência patrimonial, conduzida pela apresentadora e empresária Ana Hickmann. Outras duas exposições serão realizadas, abordando as diferenças de empreender dentro e fora do Brasil.

Para participar do evento, é necessário realizar uma inscrição prévia pelo site https://movimente.df.sebrae.com.br/. As vagas são limitadas e destinam-se a mulheres que desejam empreender, microempreendedoras individuais (MEIs) e empresariais de pequeno porte.

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado