Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Policiais recebem monção honrosa por salvamento de criança que ingeriu soda cáustica

Durante a tarde desta quarta-feira (9), a família e a equipe de policiais estiveram na Câmara Legislativa, convidados pelo deputado Eduardo Pedrosa

Foto: Divulgação/PMDF

Mateus Souza
[email protected]

Nesta quarta-feira (9), os pais do pequeno Samir Lima, de 2 anos, visitaram a equipe de policiais militares da Patamo, responsável pelo salvamento da criança. Graças ao rápido trabalho dos militares, a criança, que foi salva após ingerir soda cáustica, está saudável. Para agradecer e comemorar a ação bem sucedida junto aos agentes, os pais do garoto, Selma Coelho e Wanderley Lima, foram recepcionados pelos policiais militares.

Durante a tarde desta quarta-feira (9), a família e a equipe de policiais estiveram na Câmara Legislativa, convidados pelo deputado Eduardo Pedrosa. Na ocasião, cada agente que atuou na operação de salvamento recebeu uma monção honrosa.

Entenda o caso

Em 24 de maio deste ano, uma equipe de militares patrulhava o assentamento 26 de Setembro, por volta das 18h, quando foram abordados por um casal com uma criança nos braços. Eles contaram que o filho havia ingerido soda cáustica e solicitaram a ajuda dos policiais.

Diante da gravidade da situação e devido o horário de pico no trânsito, os policiais transportaram a família na viatura até o Hospital Regional de Taguatinga (HRT).

Como o trânsito estava congestionado e o estado de saúde da criança era grave, o Centro de Operações Policial Militares (COPOM) coordenou, à distância, outros veículos da corporação para que o BPChoque (equipe que atendia a ocorrência) chegasse com rapidez ao hospital. Um trabalho articulado e integrado entre cada policial militar.

A criança estava com sinais de queimaduras na boca, mas estava consciente. O menino ficou internado por duas semanas, recebendo atendimento médico. Segundo a equipe médica que realizou o atendimento, a rapidez na ação dos policiais salvou a vida da criança.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar