Brasília

PMDF faz alerta sobre golpes aplicados no Whatsapp

De acordo com as informações, os bandidos entram em contato com as vítimas e se passam por funcionários do Ministério da Saúde

5 Aplicativos Para Quem Adora Facilidades no Celular 5 Aplicativos Para Quem Adora Facilidades no Celular

A Polícia Militar do Distrito Federal iniciou, nesta quinta-feira (21), a campanha de alerta sobre os golpes de clonagem aplicados no Whatsapp que e envolvem a vacinação contra a covid-19. De acordo com as informações, os bandidos entram em contato com as vítimas e se passam por funcionários do Ministério da Saúde que estariam realizando o cadastramento de  cidadãos.

Posteriormente, eles solicitam o código de ativação do aplicativo de mensagens para as vítimas. Após conseguir os dados pessoais, os criminosos roubam o acesso à conta do Whatsapp e a ativam em outro aparelho.

O assessor de imprensa da PMDF, major Michello Bueno explica que o golpe é mais uma modalidade de fraude que utiliza o Whatsapp para roubar dados das pessoas. “O código de ativação do Whatsapp não deve ser compartilhado, pois, com ele, os bandidos têm acesso à agenda e podem pedir dinheiro a seus contatos”, alerta.

O próprio Whatsapp recomenda ativar a verificação em duas etapas nas configurações do aplicativo. A medida dá mais segurança ao usuário que passa a utilizar uma senha de seis dígitos para acessar a conta no mensageiro.

A fraude atual chamou a atenção do Ministério da Saúde. A pasta publicou um alerta no Twitter para dizer que não marca vacinação nem solicita dados pessoais por telefone.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As informações são da PMDF






Você pode gostar