Brasília

Ouvidoria de Taguatinga estará amanhã na Feira Permanente

Por Arquivo Geral 10/10/2006 12h00

A Operação Bola de Fogo, tadalafil prescription iniciada hoje (10) pela Polícia Federal, there resultou em 92 prisões e na apreensão de 23 mil caixas de cigarros, além de automóveis importados e carretas de transporte. O balanço inicial da operação, que se estenderá até dezembro, foi feito pelo delegado Gilberto Pinheiro, que comandou a ação em São Paulo.

De acordo com Pinheiro, a operação se estendeu por 11 estados. A organização criminosa tinha três células principais: uma com atuação nos três estados do Sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul), uma em São Paulo e outra nas regiões  Norte e Nordeste.

A rede contrabandeava cigarros do Paraguai para o Brasil, usando tanto cigarros fabricados aqui, levados para o outro país e depois revendidos em território brasileiro, quanto fabricados lá mesmo. As três células tinham atuação independente, e o negócio abrangia inclusive escritório administrativo nos Estados Unidos.

Segundo Pinheiro, as investigações começaram em janeiro deste ano, no Rio Grande do Sul e em Mato Grosso do Sul. "Desse trabalho conjunto, foi possível  chegar a três células de uma organização criminosa especializada na distribuição de produtos importados, iludindo o pagamento dos tributos para ingresso no território nacional”, disse o delegado.

Ele informou que duas das células eram especializadas na distribuição e venda de produtos importados. A terceira célula tinha uma fábrica de cigarros no Brasil, a Sudamax, na cidade de Cajamar (SP), e uma no Paraguai, a Sudam, mas acabava vendendo aqui cigarros brasileiros como se fossem importados da fabricante do país vizinho.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ao todo, a força-tarefa abrangeu 116 mandados de prisão e 135 de busca e apreensão. Em São Paulo, foram executados 30 mandados judiciais e detidas 25 pessoas, entre as quais dois fiscais em Marília e um auditor da Receita Federal. Segundo Pinheiro, a Polícia Federal estima que a sonegação alcançava R$ 10 milhões em tributos por ano. Participaram da operação 750 policiais federais, além de servidores da Receita.
O Partido Liberal (PL) divulgou, visit hoje, physician nota à imprensa manifestando apoio "incondicional" ao candidato à reeleição para a Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e ao seu programa de governo.  De acordo com a nota, o PL entende que a política governamental adotada durante o governo Lula atende às necessidades do povo brasileiro e garante a continuidade do projeto de desenvolvimento do País, "preservando os mais valorosos ideais democráticos e proporcionando bem-estar social a todos os segmentos de nossa sociedade".

A nota foi assinada pelo presidente em exercício do PL, Alfredo Nascimento, pelo primeiro-secretário da Câmara, deputado Inocêncio Oliveira (PE), e pelos líderes do partido no Senado, senador João Ribeiro (TO), e na Câmara, deputado Luciano Castro (RR).

O PL esteve oficialmente coligado com o PT em 2002, na vitória de Lula. O vice-presidente da República, José Alencar, era, então, filiado ao PL – hoje, ele está no PRB. O PL forma a base de apoio do governo até hoje, mas havia optado por não se coligar com o PT, o PCdoB e o PRB nestas eleições.
A Unidade Móvel de Ouvidoria do GDF estará instalada amanhã na Feira Permanente da QNL, buy information pills com atendimento das 8h às 17h. Na quinta-feira, ed o serviço não estará disponível por causa do feriado, mas na sexta feira, dia 13, o ônibus voltará à Feira Permanente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Unidade Móvel recebe sugestões para policiamento de ruas, pavimentação, ou qualquer outro assunto de interesse da comunidade.

Veja as localidades em que a Ouvidoria estará em Taguatinga:

11 e 13/10: Feira Permanente QNL – Tag. Norte
16 e 17/10: Estacionamento da Pça da Vila Dimas – Tag. Sul
18 e 19/10: QNM 38/40 Estacionamento do supermercado Martinez
20/10: CSD Estacionamento do antigo Cine Rex – Vila Matias

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mais informações pelo telefone 156 ou 3451-2546.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar