Brasília

Mãe e padrasto são indiciados por maltratar criança de oito anos

Por Arquivo Geral 03/05/2018 3h23
MPGO

A mãe e o padrasto de uma menina de oito anos foram indiciados por maus-tratos contra a criança. Segundo a polícia, a vítima era agredida fisicamente na boca e no rosto, além de passar fome e viver em um ambiente com péssimas condições de higiene. A menina foi retirada do convívio do casal.

O caso ocorreu em Formosa (GO), na Região Metropolitana do DF, e foi divulgado pela Delegacia da Mulher do município. De acordo com as informações da polícia, o padrasto chegou a queimar o rosto da criança com um garfo quente. Ele tem 41 anos, e a companheira, 35.

Submetida a avaliação psicológica no Centro de Referência Especializada de Assistência Social, a menina demonstrou-se abalada emocionalmente e em sofrimento psíquico.
Familiares confirmaram os maus-tratos. Conforme apurado nas investigações, a mãe e o padrasto também mantinham relações sexuais na presença da criança.

Uma vez elucidados os crimes e o risco em que a criança vivia, ela foi retirada do convívio materno pelo Conselho Tutelar. Agora, encontra-se sob responsabilidade de outro familiar.

Mãe e padrasto responderão pelos crimes de maus-tratos e satisfação da lascívia na presença de criança e adolescente. Caso sejam condenados, podem pegar até cinco anos de prisão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Denuncie

Além de acionar a polícia (telefones 190 e 197), qualquer pessoa que tiver informações sobre vítimas de maus-tratos podem ligar para o Disque Direitos Humanos – Disque 100.

Da Redação, com informações da Deam de Formosa (GO)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar