Brasília

Enfermeira do Hran será a primeira pessoa vacinada contra covid-19 no DF

Vacinação na capital federal começa às 10h desta terça-feira (19)

Por Willian Matos 19/01/2021 8h28

A Secretaria de Saúde divulgou o nome da primeira pessoa do Distrito Federal a ser vacinada contra a covid-19. A enfermeira Lídia Rodrigues Marques, que trabalha no box de emergência do pronto-socorro do Hospital Regional da Asa Norte (Hran), será a primeira cidadã do DF a receber o imunizante.

Uma tenda será montada no Hran para vacinar, a princípio, seis profissionais a saúde nesta terça-feira (19). O primeiro carro da SES saiu da Rede de Frio, no SIA, por volta de 8h rumo ao hospital.

Inicialmente, as primeiras doses serão levadas para unidades de saúde que possuem câmaras frias. A maioria delas são hospitais, exceto a UPA do Núcleo Bandeirante. Postos de saúde ainda não receberão doses.

Veja lista de unidades que receberão as primeiras doses:

  • Hospital Regional da Asa Norte (Hran)
  • Unidade de Pronto-Atendimento do Núcleo Bandeirante
  • Hospital Regional de Taguatinga (HRT)
  • Hospital Regional de Ceilândia (HRC)
  • Hospital Regional da região Leste/Paranoá (HRL)
  • Hospital Regional do Gama (HRG)
  • Hospital Regional de Sobradinho (HRS)
  • Hospital Regional de Planaltina (HRP)

Excepcionalmente hoje, a vacinação começará às 10h. A partir de quarta (20), as doses serão aplicadas de 8h às 18h.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como ressaltou o subsecretário de Atenção Integral a Saúde, Alexandre Garcia, em coletiva na segunda (19), apenas o primeiro dos quatro grupos prioritários será vacinado já nesta terça. Ou seja, somente profissionais de saúde e idosos que vivem em instituições de longa permanência, como asilos, serão imunizados a partir de hoje. Quem não se encaixa no grupo não deve ir aos hospitais neste primeiro momento.

A Secretaria de Saúde teve de retirar desta fase inicial os idosos com idade superior a 75 anos. Isso porque as cerca de 106 mil doses da Coronavac seriam insuficientes para vacinar a todos. Desta forma, quem tem mais de 75 anos será vacinado no segundo grupo, junto às pessoas de 60 a 74 anos. A data ainda não está definida.

Ressalta-se ainda que a vacinação se dá por meio de duas doses. Isto é, quem receber a primeira dose, será orientado pelos profissionais de saúde a retornar na unidade para a segunda dose após 14 dias.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar