Brasília

CPI do Feminicídio deve apresentar relatório em abril

O documento deverá ser oficialmente apresentado para análise e votação até meados de abril, adiantou o relator

Foto: Myke Sena/Jornal de Brasília/Cedoc

A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), por meio da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Feminicídio deve apresentar o relatório final na segunda quinzena de abril. O relator da CPI, deputado Fábio Felix (Psol), detalhou o cronograma em reunião extraordinária remota, nesta segunda-feira (8).

De acordo com o parlamentar, houve atraso na entrega de alguns dados solicitados a órgãos do GDF, mas uma minuta do texto deverá ser entregue aos integrantes da Comissão até o “final de março ou começo do mês seguinte” para receber contribuições. O documento deverá ser oficialmente apresentado para análise e votação até meados de abril, adiantou o relator.

Violência doméstica e audiência pública

Na reunião desta segunda-feira, a CPI aprovou um requerimento, de autoria de Felix, solicitando informações à Polícia Civil, secretarias da Mulher e de Segurança Pública sobre uma vítima de violência doméstica que pediu ajuda numa agência bancária de Sobradinho. O documento quer esclarecer os procedimentos adotados em todas as esferas e as medidas protetivas à vítima.

Também foi votada a realização de uma audiência pública para discutir a construção de uma rede de atendimento para familiares de vítimas de casos de feminicídio. Os requerimentos foram aprovados por unanimidade, com as presenças das deputadas Arlete Sampaio (PT) e Júlia Lucy (Novo), além de Fábio Felix.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com informações da CLDF






Você pode gostar