Brasília

Covid-19: MPDFT apresenta à Semob estudo sobre gerenciamento do transporte público

O objetivo das sugestões é proteger funcionários e passageiros

Foto: Dênio Simões/Agência Brasília.

Uma força-tarefa responsável por acompanhar as medidas de prevenção e combate à pandemia da Covid-19 do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT)  encaminhou à Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob) diversas sugestões para como a operação do transporte público deve ocorrer a partir da reabertura das atividades socioeconômicas.

O estudo foi elaborado pelo Instituto de Fiscalização e Controle (IFC), parceiro do projeto “Como anda meu ônibus?”.

Com base nas medidas tomadas em vários países que enfrentam o desafio de conter a pandemia, as sugestões surgiram por meio da análise de artigos que discutem diferentes experiências na área de transporte público. Além disso, informações do projeto “Como anda meu ônibus?” também foram usadas. 

O objetivo das sugestões é proteger funcionários e passageiros. 

Entre as instruções estão o gerenciamento da demanda, para evitar superlotação, o treinamento de colaboradores na limpeza de superfícies, o uso de equipamentos de proteção, o isolamento de motoristas e cobradores, o distanciamento entre passageiros e o aumento na frequência dos veículos, entre outras medidas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Veja a íntegra do documento aqui






Você pode gostar