Brasília

Consulta pública da Política Distrital de Alimentação e Nutrição é aberta

O objetivo da medida visa a melhoria das condições referentes à nutrição e à saúde da população do Distrito Federal

Foto: Paulo H Carvalho / Agência Brasília

A consulta pública da Política Distrital de Alimentação e Nutrição (PDAN) está aberta, até o próximo dia 22. A Gerência de Serviços de Nutrição da Secretaria de Saúde, por um grupo de trabalho, produziu o documento que é inédito na capital candanga.

O órgão entende a importância de se ter uma ampla participação na legitimidade das proposições estabelecidas. Por isso, abriu a consulta pública que tem o intuito de aperfeiçoar essa política. A consulta pública está disponível aqui.

A elaboração das políticas estaduais e do Distrito Federal é uma orientação da Política Nacional de Alimentação e Nutrição, de 2011, para que os estados e o DF implementem a política no âmbito dos seus respectivos territórios, mediante adequações ao perfil epidemiológico e especificidades locais. Além disso, foi uma proposição do I Plano Distrital de Segurança Alimentar e Nutricional (2013).

“A PDAN representa um importante alicerce para a gestão das ações e estratégias de alimentação e nutrição no território, a fim de garantir a sustentabilidade das ações, evitar a descontinuidade das estratégias implantadas, fortalecer a intersetorialidade e as pactuações de instrumentos governamentais, com o objetivo primordial de melhorar as condições de alimentação, nutrição e saúde da população do DF”, explica a gerente de Serviços de Nutrição, Carolina Gama.

Segundo Carolina, apesar de não ter caráter decisório, a consulta pública abre a oportunidade para todos que desejarem contribuir e opinar a respeito da temática, trazendo legitimidade e transparência ao processo. “Serve para ampliar as discussões e fazer com que as decisões impactem de modo ativo e dinâmico no processo de elaboração da política pública, tornando-a utilizável no cotidiano dos serviços de saúde do Distrito Federal”, informa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Política Distrital de Alimentação e Nutrição trata sobre vários aspectos, dentre eles, o contexto epidemiológico do Distrito Federal, com destaque à situação sociodemográfica, situação de mortalidade e de morbidade e situação nutricional e alimentar do DF, bem como estrutura organizacional de Redes de Atenção à Saúde do DF. O documento apresenta também as responsabilidades da gestão em nível central, regional e local, bem como dos profissionais de saúde.

A PDAN apresenta oito diretrizes para nortear as ações de alimentação e nutrição nos serviços de saúde:

  1. Organização do cuidado e da atenção nutricional integral;
  2. Promoção da intersetorialidade no contexto da alimentação e nutrição;
  3. Promoção da alimentação adequada e saudável (Paas);
  4. Vigilância alimentar e nutricional;
  5. Gestão e financiamento das ações de alimentação e nutrição;
  6. Controle e regulação em alimentos e ambientes de alimentação e nutrição;
  7. Pesquisa, inovação e qualificação em alimentação e nutrição;
  8. Participação e controle social.

As informações são da Agência Brasilia

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar