Brasília

Ação integrada leva tranquilidade ao Enem

Operação especial coordenada pela SSP envolveu órgãos do GDF e federais

O Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob), da Secretaria de Segurança Pública (SSP) acompanhou em tempo real a aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), ocorrida neste domingo (17). Representantes dos órgãos locais e federais envolvidos na operação reuniram-se no Centro a partir das 7h. De acordo com as autoridades, tudo transcorreu de maneira normal.

Coordenada pela SSP, a Operação Enem 2020 contou com a participação das forças de segurança – polícias Militar (PMDF), Civil (PCDF), Corpo de Bombeiros (CBMDF) e Departamento de Trânsito (Detran). Também participaram Samu, as secretarias de Educação (SEE) e Mobilidade (Semob), CEB, Novacap, Brasília Ambiental, Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER), Polícia Federal (PF), Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) e Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A PMDF, com efetivo de mais de 270 policiais militares, acompanhou o recebimento dos cadernos de provas no Aeroporto de Brasília, juntamente às equipes da ECT, a partir das 4h. A entrega do material para os pontos de aplicação de provas terminou por volta das 10h30, quando teve início a segunda fase da operação – o policiamento ostensivo nas proximidades das escolas.

“Foram definidas ao todo 38 rotas para entrega de provas nas mais de 250 escolas em que houve realização de provas nas regiões administrativas”, informa o coronel Leandro Schweitzer, do Departamento Operacional (DOP) da PMDF. “Após a entrega, o efetivo empregado deu início às rondas nas proximidades das escolas participantes.”

As provas terminaram às 18h30, quando teve início a terceira e última fase da Operação Enem – acompanhar o recolhimento do caderno de respostas para entrega no ponto de origem, o Aeroporto de Brasília.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Atendimentos

Durante a realização das provas, houve dez acionamentos ao Instituto Brasília Ambiental, no Centro Educacional 01 da Estrutural, no Centro de Ensino Fundamental 01 de Brazlândia e no Centro de Ensino Fundamental 407, de Samambaia.  O instituto atuou com apoio da PMDF nas ocorrências, que foram resolvidas nos próprios locais de origem, sem necessidade de aplicação de Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Três pessoas passaram mal e foram atendidas por equipes da Samu nos locais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Já a CEB foi acionada por volta das 13h30, em função de uma queda de energia no Centro Educacional São Francisco, e resolveu a situação antes das 14h. O problema estava no disjuntor interno da escola, que foi reparado em tempo hábil. Assim, a prova transcorreu com tranquilidade.

Bons resultados

De acordo com o coordenador de planejamento da Operação Enem da SSP, tenente-coronel Paulo Mourão, a operação ocorreu como esperada. “Foi uma operação tranquila, como em anos anteriores”, resume. “Houve o envolvimento de um número elevado de órgãos, mas estarmos todos num mesmo local facilitou a resolução das ocorrências, e cumprimos o objetivo principal do Ciob, que é a integração”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Protocolo de Operações Integradas (POI) para aplicação das provas deste ano do Enem, para apoio ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), será efetuado novamente no próximo domingo (24).






Você pode gostar