fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Vídeo: Padre afirma que quem votou em Bolsonaro tem que “pedir perdão a Deus”

O pároco, que chamou o presidente de “bandido”, fez duras críticas ao presidente relacionadas à condução da crise causada pela pandemia de covid-19

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O padre Edson Adélio Tagliaferro, da igreja matriz Nossa Senhora das Dores, na cidade de Artur Nogueira-SP, fez duras críticas ao presidente Jair Bolsonaro no domingo (5). Chamando Bolsonaro de “bandido”, Tagliaferro condenou as ações do governo na crise causada pela pandemia de covid-19.

“Um país que já chegou a 60 mil mortos pela pandemia e não tem um ministro da Saúde? Vocês querem que eu fale o quê? ‘Ah, ele não trabalha porque não deixam ele trabalhar’. Não! É porque ele não presta! Bolsonaro não vale nada. E quem votou nele tem que se confessar. Pedir perdão a Deus pelo pecado que cometeu, porque elegeu um bandido pra presidente”, declarou o padre. Assista:




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade