fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Suspeito de receber auxílio emergencial com dados de Neymar entra na mira da PF

Além do jogador, o ministro Paulo Guedes e o empresário Luciano Hang também tiveram os dados utilizados nas fraudes

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A Polícia Federal cumpriu nesta terça-feira (27) um mandado de busca e apreensão em Fortaleza contra um suspeito de aplicar golpes para receber o auxílio emergencial do governo federal. O homem teria usado dados de pessoas como o jogador Neymar, o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o dono da Havan, Luciano Hang, para ter o benefício.

Nenhum dos três mencionados têm participação nos crimes. Duas contas teriam sido abertas no nome de Neymar.

No endereço do suspeito, foram aprendidos documentos e mídias que serão submetidos à perícia.

Caso as denúncias sejam comprovadas, o investigado e quaisquer outros partícipes das fraudes contatadas na investigação responderão pelos crimes de estelionato majorado, falsificação de documento público, uso de documento falso e organização criminosa.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade