Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Religiosa baiana, Irmã Dulce, será proclamada santa pelo Vaticano

Publicado

em

Da redação
[email protected]

A baiana de Salvador, Maria Rita Lopes Pontes, mais conhecida como Irmã Dulce, será proclamada santa pelo Vaticano. As informações são do portal Vatican News, que apontam a canonização após o segundo milagre da brasileira ser reconhecido pela igreja.

A mulher dedicou toda a vida para ajudar os pobres e necessitados. Nascida em 1914, filha de um frentista e de uma dona de casa, Dulce seguiu as regras católicas até a morte, em 1992.

A mulher tem como milagres a cura de um cego e o fim de uma hemorragia pós parto, este último o recém validado. Irmã Dulce recebeu duas visitas do papa João Paulo 2º: em 1980 e em 1991.

Na Bahia, Dulce já tem uma legião de seguidores, tendo inclusive um santuário no Largo de Roma, em Salvador.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade 
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Publicidade