fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Brasil

#ProcuraseJoãoPedro: caso de garoto baleado e levado pela polícia cresce nas redes

João Pedro,14 anos, brincava com os primos dentro de casa quando acabou baleado pela polícia. Os policiais o levaram e, até o momento, a família não tem notícias do paradeiro do jovem

Willian Matos

Publicado

em

PUBLICIDADE

Na manhã desta terça-feira (19), a hashtag #ProcuraseJoãoPedro ocupava os assuntos mais comentados do Twitter. Trata-se de um garoto de 14 anos, negro, que foi baleado e levado pela polícia. No momento, João Pedro está desaparecido Entenda o caso:

Na segunda-feira (18), na região de São Gonçalo, no Rio de Janeiro, a polícia entrou em conflito com traficantes da região. Os suspeitos teriam entrado na casa do garoto João Pedro Matos Pinto, de 14 anos, para se esconder.

No momento da invasão, o garoto brincava com os primos, quando acabou baleado na barriga. A polícia, então, teria levado João Pedro em um helicóptero, sem explicações à família.

Até este momento, João Pedro está desaparecido. A família não tem notícias, tampouco a polícia dá informações sobre o paradeiro e o estado de saúde do garoto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Indignação

No Twitter, os usuários que liam a história mostravam revolta com a ação da polícia. “Como a PM pode sumir com um menino de 14 anos?”, disse uma internauta. “Como que, em uma pandemia, onde a recomendação é ficar em casa, policiais baleiam João Pedro dentro da própria casa enquanto brincava com primos?”, indagou outra.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade