fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Brasil

PF investiga supostos desvios de recursos da Saúde no governo do Pará

Entre os objetos da investigação, estão 12 contratos que foram firmados entre o governo do Pará e as organizações sociais

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A Polícia Federal cumpre uma série de mandados na manhã desta terça-feira (29). As diligências são decorrentes da operação que investiga os supostos desvios de recursos da Saúde do governo do Pará. Um dos investigados é o governador Helder Barbalho (MDB), mas não há mandados contra ele.

De acordo com a corporação, algumas equipes devem cumprir mandados na Câmara Municipal de São Paulo e na Secretaria Estadual de Saúde. Entre os objetos da investigação, estão 12 contratos que foram firmados entre o governo do Pará e as organizações sociais que ficaram responsáveis por administrar os hospitais públicos do Pará. Esses contratos somam R$ 1,2 bilhão.

Ao todo, foram expedidos 76 mandados de prisão. Apenas as Varas de Birigui e Penápolis, cidade do interior de São Paulo, foram responsáveis por 64 dessas diligências. O restante foi expedido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Além disso, são cumpridos 278 mandados de busca.

Os investigados, que não tiveram a identidade revelada, são suspeitos de fraude em licitações, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade