fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Brasil

PF indicia homem que demonstrou querer matar Bolsonaro

Em novembro do ano passado, um jovem fez publicações demonstrando a intenção de atentar contra o presidente

Willian Matos

Publicado

em

Coluna Informação
Foto: Agência Brasil
PUBLICIDADE

A Polícia Federal indiciou um homem de 25 anos que, em novembro do ano passado, fez publicações que demonstraram a intenção de promover um atentado contra o presidente Jair Bolsonaro. O jovem foi indiciado pelo crime de atentado contra a liberdade pessoal do Presidente da República, previsto na Lei de Segurança Nacional. O inquérito da PF foi obtido pelo jornal O Globo.

O caso ocorreu durante uma visita de Bolsonaro a Três Corações-MG. O suspeito era funcionário terceirizado da Escola de Sargentos das Armas, e o presidente participou de uma formatura no local.

Sabendo que Bolsonaro iria à escola, o suspeito publicou, segundo a PF, textos e vídeos dando a entender que teria a intenção de atacar o presidente. Em um dos vídeos, o homem afiava o cabo de uma escova de dente para transformá-la em um objeto capaz de fazer perfuração. A escova não seria detectada em detectores de metal.

O crime prevê pena de quatro a 12 anos de prisão. A PF cumprirá mandados de busca e apreensão em Três Corações-MG a fim de seguir investigando o caso.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade