Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Pai é suspeito de estuprar a filha durante 4 anos

Publicado

em

Um homem de 37 anos foi preso na terça-feira sob a suspeita de estuprar a própria filha, atualmente com 11, em Goiatuba, no sul de Goiás. O crime teria sido cometido durante quatro anos e só começou a ser investigado após uma denúncia. Em decisão, a Justiça concedeu prisão domiciliar ao suspeito, que é monitorado com tornozeleira eletrônica.

Segundo a polícia, o homem confessou os atos e disse estar “profundamente arrependido”. As investigações apontaram que a menina foi abusada entre os 6 e 10 anos. A vítima contou detalhes do crime durante depoimento, em versão que coincide com a de testemunhas.

Embora tenha o pedido de prisão tenha sido deferido, o Poder Judiciário entendeu que cabia ao suspeito a prisão domiciliar. Então, após ser levado à delegacia, começou a ser monitorado com tornozeleira eletrônica.

Como a justiça determinou que o homem resida em imóvel diferente do que a filha vive, a menina se mudou para a casa da avó e está sendo acompanhada pela mãe. O suspeito deve ser indiciado por estupro de vulnerável e, se condenado, pode pegar entre 8 e 15 anos de prisão.

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

    Charge do dia
Publicidade