fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Najila será despejada se não pagar aluguel até esta terça (25)

A modelo terá de desembolsar R$ 26,7 mil caso queira permanecer no apartamento. Dívidas vêm sendo acumuladas desde agosto do ano passado

Willian Matos

Publicado

em

PUBLICIDADE

Willian Matos
redacao@grupojbr.com

A modelo Najila Trindade tem até esta terça-feira (25) para quitar uma dívida de R$ 26,7 mil em alugueis atrasados. A jovem, que mora em um condomínio na zona Sul de São Paulo, terá que deixar o apartamento caso não cumpra o pagamento.

Se somado aos valores a IPTU e condomínio, a dívida chega perto de R$ 40 mil. Najila já foi condenada em processo de “despejo por falta de pagamento cumulado com cobrança”. De acordo com a ocorrência judicial, a modelo tem deixado de pagar o aluguel desde agosto do ano passado. Caso ela quite os débitos, poderá seguir vivendo no apartamento normalmente.

O dono do apartamento alugado por Najila é Marcus Vinícius Picconi. Segundo a Folhapress, ele sempre teve problemas com a modelo desde que o contrato foi assinado. Ela sempre atrasou o pagamento, mas resolvia a situação após certo Tempo. No entanto, desde agosto de 2018, essa forma de resolver não tem mais funcionado.

Picconi afirma que Najila já ficou sem energia elétrica pelo mesmo problema referente a pagamento. O proprietário nunca falou com a modelo, uma vez que a responsabilidade do imóvel é de uma imobiliária.

O juiz Luiz Raphael Valdez escreveu na decisão que não foi apresentado nenhum comprovante de pagamento e deu ganho de causa ao proprietário.
“Julgo procedente o pedido formulado na inicial para (1) declarar rescindido o contrato de locação entabulado entre as partes em razão do inadimplemento contratual do locatário; (2) decretar o despejo do réu por falta de pagamento (art. 9º, III, da Lei 8.245/91) e (3) condenar o réu ao pagamento dos aluguéis e encargos vencidos entre 08/2018 e 02/2019”, determina trecho da decisão do juiz.

Apartamento protagonista

O apartamento onde Najila mora e do qual deve os alugueis passou a ser protagonista no Caso Neymar. Relembrando resumidamente, a modelo acusou Neymar de estupro no mês de maio e disse à delegacia que tinha imagens que provam o crime armazenadas em um tablet. No entanto, ela afirma que perdeu o aparelho em suposto arrombamento cometido ao imóvel.

Até mesmo os funcionários do prédio passaram a ser envolvidos na história. Um porteiro acusou Najila de ameaça após ele afirmar que não viu arrombamento nenhum. Moradores do condomínio informaram que ela está fora há dias, mas o carro permanece na garagem. Os apartamentos do empreendimento são de três quartos e estão avaliados entre R$ 750 mil e R$ 1 milhão.


Leia também
Publicidade