fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Gari que distribui pães na cracolândia é detido em ação da GCM

De acordo com o coletivo A Craco Resiste, o gari foi detido ao “filmar a truculência dos guardas contra as pessoas em situação de rua”

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

São Paulo, SP

Um gari de 51 anos conhecido por distribuir pão e água diariamente a dependentes químicos na região da Cracolândia, no centro de São Paulo, foi detido na manhã desta quinta-feira (1º) acusado de difamar guardas civis.

Segundo nota da GCM (Guarda Civil Metropolitana), o gari foi levado para o 77º DP, em Santa Cecília. A Secretaria da Segurança Pública do Estado, gestão João Doria (PSDB), responsável pela administração da Polícia Civil, afirmou, também por nota, que foi elaborado um termo circunstanciado por difamação e que, depois de ser ouvido, o gari foi liberado, e o caso, encaminhado para o Jecrim (Juizado Especial Criminal).

De acordo com o coletivo A Craco Resiste, o gari foi detido ao “filmar a truculência dos guardas contra as pessoas em situação de rua”. O grupo afirma que esse “não é um caso isolado”. “Os guardas costumam ameaçar e intimidar todas as pessoas que tentam registrar e denunciar os abusos”, diz a entidade. A GCM não se pronunciou sobre a acusação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em um vídeo publicado no Facebook, o homem filma o guarda que o detém. Ele pede para levar os pães da doação para a delegacia, mas não é permitido e é contido pelo guarda enquanto pede “calma”. Na sequência, ele diz que “precisamos lutar por paz, não por violência”. Em outro vídeo, ele filma o interior da viatura enquanto faz uma oração.

A nota da GCM afirma que os agentes foram difamados enquanto realizavam apoio à ação de zeladoria da área. “Vale destacar que ele foi conduzido sem o uso de algemas e não foi privado de seu aparelho celular”, diz a nota.

As informações são da FolhaPress




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade