Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Funcionários querem adiar alteração no estatuto da PUC de SP

Professores e servidores da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) querem prorrogar por oito meses o prazo para discutir alterações no estatuto da universidade.

A Fundação São Paulo, mantenedora da instituição de ensino, propôs mudança que encerraria o processo eleitoral para o cargo de reitor e estabeleceu um prazo de 60 dias para a comunidade acadêmica debater os artigos do estatuto. Nesta terça-feira, 25, foram realizadas duas audiências públicas sobre o tema. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: Estadao Conteudo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA