fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Em vídeo, pastor Felipe Heiderich comenta sobre suicídio

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O pastor Felipe Heiderich, acusado de abusar do enteado de 5 anos, publicou um vídeo em setembro do ano passado com o tema “Suicídio é pecado?”. A publicação no Youtube já teve 26 mil visualizações.

Segundo a sua ex-mulher, pastora Bianca Toledo, Felipe teria tentado se matar após ela ter descoberto o suposto abuso sexual.

No vídeo, Felipe dá a interpretação do suicídio sob a óptica da religião. “O suicídio não é nada mais do que assassinar a si mesmo? Será que todos os casos de suicídio merecem a eternidade de enxofre e fogo no lago ardente? Eu gosto de dizer que Deus é um coletivo, mas ele trabalha no individual. Sabe o que é isso? É saber que ele pode olhar caso a caso e analisar”, diz o pastor.

“Fez meu sobrinho mudar”, diz tio

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O tio paterno da criança, Junior Pimentel, disse que Felipe fazia de tudo para deixá-lo longe do pai.

“A gente não tinha mais contato com a criança porque o padrasto era muito complicado. Ele fez com que o meu sobrinho e a mãe mudassem como pessoa. O pai verdadeiro era barrado na portaria e a gente passou a ter que encontrar ele somente com a babá”, disse Junior em entrevista ao Jornal Extra.

Grau de perversão 

Cristina Bento, delegada da Delegacia da da Criança e do Adolescente Vítima (Dcav), disse que Felipe mostrou “alto grau de perversão”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo o pedido de prisão, assinado por Cristina Bento, “a prisão do indiciado é imprescindível, uma vez que ele é acusado de ter cometido crime gravíssimo, inclusive considerado hediondo”

Indignação de senador

O senador e pastor Magno Malta (PR-ES) chamou Felipe de “falso profeta”.

“O fato é que a pastora Bianca Toledo, casada com o senhor Felipe Heiderich, ela descobriu que esse pastor, falso pastor, estava abusando de seu filhinho de 5 anos de idade”, disse o senador.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Primeiro marido de Bianca 

Renato Pimentel, primeiro marido da pastora Bianca Toledo e pai de seu filho se pronunciou na noite dessa quarta-feira (7), sobre o suposto abuso sexual.

“Nesse momento, todos os meus esforços estão voltados para o bem-estar do meu filho”, disse Renato Pimentel ai site EGO.

Acusações falsas 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leandro Meuser, advogado de Felipe Heiderich publicou uma nota no Facebook se manifestando sobre as acusações.

“Na qualidade de Advogado de Felipe G. Heiderich Segundo venho a público informar que as acusações formuladas contra Felipe são inteiramente falsas e que a polícia saberá investigar para ao final esclarecer a verdade”, escreveu.

 




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade