fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Em 2019, Brasil teve um estupro a cada oito minutos

Das pouco mais de 66 mil vítimas, 85,7% são mulheres. Em 84,1% dos casos, o criminoso era um familiar ou pessoa de confiança

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Em 2019, o Brasil registrou 66.123 mil boletins de ocorrência relacionados a crimes de estupro. Isso quer dizer que, a cada oito minutos, uma pessoa é abusada sexualmente no país.

Das pouco mais de 66 mil vítimas, 85,7% são mulheres. Em 84,1% dos casos, o criminoso era um familiar ou pessoa de confiança. Os dados são do 14º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, publicado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) no domingo (18).

Entre os casos de violência sexual, 70,5% foram estupros de vulnerável, ou seja, quando a vítima tem menos de 14 anos ou quando não pode resistir ao ato, por estar alcoolizada ou por algum tipo de doença.

Segundo o anuário, o número de 2019 caiu em comparação a 2018. Os estupros em geral diminuíram 11,8% e os estupros de vulnerável, 22,5%. No entanto, o saldo não é positivo por conta da subnotificação: é comum que as vítimas não denunciem o crime com medo, vergonha, culpa ou por se sentirem desestimuladas pelas autoridades.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade