fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Brasil

CoronaVac: Anvisa libera importação de 6 milhões de doses da vacina

O governo de São Paulo fechou o contrato, inicialmente, para a aquisição de 46 milhões de doses da CoronaVac

Aline Rocha

Publicado

em

Foto: Vítor Mendonça/Jornal de Brasília
PUBLICIDADE

Nesta sexta-feira (23) a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou  a importação de 6 milhões de doses da CoronaVac, vacina que será produzido na Brasil pelo Instituto Butantan, em São Paulo.

O governo paulista fechou o contrato, inicialmente, para a aquisição de 46 milhões de doses da CoronaVac. As primeiras 6 milhões serão importadas prontas da China enquanto aos outras 40 milhões serão rotuladas e envasadas no próprio Butantan.

Dimas Covas, diretor do instituto, já havia afirmado, mais cedo, que o cronograma estipulado pelo governo de São Paulo não seria alterado, mesmo que houvesse um suposto atraso de liberação da importação da matéria prima pela Anvisa.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade