Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Cantora Ludmilla acusa empresária de injúria racial e pede indenização de R$ 300 mil

A funkeira Ludmilla está movendo um processo contra a empresária Val Marchiori por injúria racial. A cantora pede uma indenização de R$ 300 mil reais.

A confusão aconteceu no carnaval, quando Val teria dito que o cabelo de Ludmilla se parecia com “bombril”, marca de esponja de aço. Val comentava os bastidores dos desfiles das escolas de samba para um programa de TV.

Alguns dias depois Ludmilla respondeu o comentário da empresária numa rede social, mas Val negou ser preconceituosa.

Você pode gostar
Publicidade