fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Button afirma: "foi uma corrida para se esquecer"

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Companheiro de Rubens Barrichello na Honda, o inglês Jenson Button não saiu nada satisfeito do GP de Mônaco. Além de ter terminado a prova na 11ª colocação, ele assiste o brasileiro evoluir na temporada e já começa a ver sua moral na equipe ameaçada.

“Pesando tudo, é uma corrida para se esquecer, mas pelo menos estamos levando muitas informações”, comentou o piloto, que falou de suas dificuldades. “Depois da classificação que tivemos, já seria de se esperar uma corrida difícil. Uma das conseqüências foi que perdi aderência nos pneus traseiros, precisando parar bem mais cedo do que eu queria. Na parada colocamos pneus limpos e tiramos bastante asa na frente”, explicou.

Para ele, a quarta colocação de Rubinho não é uma prova de que a Honda está evoluindo. “Mesmo com isso, certamente não tiramos o máximo do carro neste fim de semana, e ainda temos muito trabalho a fazer para chegarmos no pessoal que está andando na frente”, acredita.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade