fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Butantan se prepara para responder Ministério e Anvisa sobre vacina

Órgãos fizeram questionamentos ao instituto a respeito da Coronavac, vacina contra a covid-19 da chinesa Sinovac Biotech

Avatar

Publicado

em

Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

O Instituto Butantan vai a Brasília nesta terça-feira (20) para se reunir com técnicos do Ministério da Saúde e da Anvisa. Os órgãos fizeram questionamentos sobre a Coronavac, vacina contra a covid-19 testada no Brasil pelo instituto em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac Biotech.

O Butantan preparou um dossiê com dados sobre compras, planejamento e informações no âmbito administrativo. Caso os representantes do instituto convençam Ministério e Anvisa, o governo federal pode, enfim, repassar R$ 80 milhões para o instituto.

Os órgãos do governo precisam saber questões como rendimento, controle de qualidade, quantidade de doses, cronograma de produção e distribuição e importação de equipamentos para a produção da vacina. As perguntas são de praxe quando se tratam de um produto novo.

O repasse federal, que viria de um programa de tecnologia e ciência do Ministério, ajudaria o Butantan a montar uma nova unidade de fabricação de vacinas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade