fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Após denúncia de festa rave, Guarda Municipal desmonta acampamento em praia no Rio

Após receber uma denúncia de festa rave em plena pandemia, a Guarda Municipal do Rio desmontou um acampamento ilegal com cerca de 70 pessoas e 35 barracas

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Júlia Barbon
Rio de Janeiro, RJ

Após receber uma denúncia de festa rave em plena pandemia, a Guarda Municipal do Rio desmontou um acampamento ilegal com cerca de 70 pessoas e 35 barracas em uma área de proteção ambiental na zona oeste carioca nesta quinta (14).

O evento ocorreria na Praia do Meio, em Barra de Guaratiba, segundo as informações recebidas pelo setor de inteligência da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop). Os agentes fizeram uma hora de trilha até chegar à praia e se deparar com o acampamento.

Eles apreenderam oito facões e dois machados, desmontaram as barracas e ordenaram que as pessoas retornassem a Grumari pela trilha. Vídeos gravados pelos guardas mostram lonas, comidas e itens pessoais como panelas e roupas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Ficamos surpresos de ver que, em plena pandemia, a maior de toda a nossa história, as pessoas não compreenderam a gravidade do coronavírus e não respeitam o isolamento social. Estavam todos reunidos, sem qualquer proteção, como se não corressem risco de ter a doença, além de estarem acampados em local proibido pela legislação ambiental”, disse em nota o comandante da Guarda Municipal, José Ricardo Soares.

Festas estão proibidas desde 17 de março no estado do Rio de Janeiro, por determinação do governador Wilson Witzel (PSC), assim como várias outras atividades.

As informações são da FolhaPress




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade