Siga o Jornal de Brasília

Brasil

Acusado de matar mulher e travesti no Entorno é preso no Mato Grosso

Publicado

em

Advertisements

Um homem, condenado por um crime e suspeito de ter praticado outros dois, foi preso nesta segunda-feira (19) no município de Paranatinga, no Mato Grosso, que fica a 411 km de Cuiabá.

De acordo com a Polícia Civil de MT, Danilo de Sousa Araújo, de 25 anos, matou um policial militar a pauladas no Maranhão, além de ser suspeito de participar da morte de uma mulher e uma travesti em um bar de Luziânia, no Entorno do Distrito Federal.

O suspeito foi abordado no centro da cidade e apresentou uma identidade falsa, sob o nome de Roberto Ferreira de Moura. Porém, depois do procedimento, o homem reconheceu o nome verdadeiro e foi preso.

Danilo havia sido condenado a 22 anos de prisão por ter assassinado a pauladas o policial militar Edivaldo Carvalho, em 2010, no município de Paulo Ramos, interior do Maranhão. Ele escapou da prisão e estava foragido.

Ao chegar na delegacia, também foi constatado o possível envolvimento do suspeito na morte de uma mulher e uma travesti, em março do ano passado. As investigações continuam.


Você pode gostar
Publicidade