Siga o Jornal de Brasília

Playground

Tia Maroca

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Rita de Cássia da Silva Costa, mais conhecida como Tia Maroca, conta histórias desde 2000. Tudo começou quando, catequista, adaptava o Evangelho para uma linguagem mais fácil e lúdica para as crianças. Depois de uma rápida aceitação, descobriu que tinha o dom de envolver os pequenos com suas histórias, sejam elas contos de fadas, fábulas ou contos populares.

Após se especializar e fazer cursos, Tia Maroca passou a contar histórias na rede pública de ensino do Distrito Federal. Desde então não parou mais. Em seu vasto currículo estão, por exemplo, a participação no III Circuito de Contação de Histórias, apresentação em shoppings da cidade e presença em eventos como o Dia Internacional do Contador de Histórias.

Com seu figurino colorido, ela conta, canta e entretém o público mais novo com sua voz que faz lembrar o período da vida onde a imaginação e a magia são mais presentes: a infância. A artista é reconhecida pela Secretaria de Cultura do DF e possui um Cadastro de Entes e Agentes Culturais (Ceac), documentação que comprova sua experiência e atuação no ramo.

“Vamos soltar a imaginação, colocando a cabeça nas mãos”, diz Tia Maroca, que muitas vezes usa fantoches e livros em suas apresentações. As crianças – e também adultos – se divertem com as aventuras narradas de forma envolvente pela artista, que sempre começa com a frase que é a sua marca registrada: “Eu sou a Tia Maroca, que conto histórias e não faço fofoca!”.

Alguns exemplos de histórias contadas:

O Pote Vazio

O Gato Xadrez


Você pode gostar
Publicidade