Siga o Jornal de Brasília

Gilberto Amaral

Tecnologia lusa

Publicado

em

Publicidade

O vice-governador, Paco Britto, visitou o Polo Tecnológico de Lisboa, situado em Telheiras, nos arredores da capital portuguesa, tendo estabelecido com a Lispolis (entidade gestora do polo) a disposição de buscar estreitamento de relações com a entidade gestora do parque tecnológico do Distrito Federal, a Biotic.

Reunião

Britto manteve extensa reunião com o vice-presidente do Conselho de Administração e administrador do Polo Tecnológico de Lisboa, Francisco Nunes Sá, e com o diretor de Promoção e Inovação, Pedro Rebordão. Eles explicaram o funcionamento da entidade e sua bem-sucedida história.

Avanços

O polo tecnológico e a Lispolis foram criados em 1991 e se constituíram no primeiro centro incubador de empresas de alto conteúdo tecnológico no país, operando numa área de 12 hectares, vizinha ao campus do Instituto Nacional de Engenharia, Tecnologia e Inovação (Ineti). No início, explicaram os representantes da entidade, as iniciativas eram “spin-offs” de projetos dos próprios pesquisadores do Instituto, mas logo o polo adquiriria a forma atual, mais aberta, variada e empresarial.

Experiência positiva

“Os resultados têm sido muito positivos, e nos trinta anos de nossa existência mais de 330 empresas foram incubadas e desenvolvidas em nossa área. Hoje temos aqui instaladas 123 companhias, de todos os tamanhos, empregando duas mil pessoas, a maior parte das quais de elevado grau de qualificação, e gerando faturamento na casa dos cem milhões de euros”, detalharam.

Publicidade

Biotic

Depois de trocar informações com seus interlocutores sobre aspectos técnicos, como a seleção de empresas e questões relacionadas à propriedade e uso dos terrenos, o vice-governador Paco Britto informou sobre o Biotic, o Parque Tecnológico de Brasília que ocupa área de 121 hectares entre a DF 003, o Parque Nacional e a Granja do Torto, e que é administrado pela Terracap para a Agência de Desenvolvimento do DF.

Gerador de empregos

O Biotic é de criação bem mais recente e se encontra numa fase mais incipiente do que seu similar português, mas o objetivo determinado pelo governador Ibaneis Rocha é de dinamizá-lo, de forma a criar no DF um polo de crescimento limpo, dinâmico e gerador de empregos de alta qualidade, disse o vice-governador.

Parceria

Acertaram os dois lados que o diálogo será incrementado entre o polo português e o Biotic, e que um futuro entendimento formal entre as partes permitirá a troca de experiências e a formação de parcerias entre empresas, inclusive pequenas e médias, instaladas em um e outro polo.

Oportunidade

Vamos aproveitar a oportunidade da próxima reunião anual da UCCLA (União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa), a se realizar no final de maio, para trazer uma delegação com representantes do Sebrae, o Biotic e, se possível, de universidades, para dar forma concreta a essa oportunidade de parceria que se abre.

B-day

Quem recebe hoje muitas flores e cumprimentos pela passagem de seu aniversário é a querida Adriana Colela. Festeja a data em jantar com os filhos, nora, genro, netos, e depois vai ganhar um festival de homenagens dos inúmeros amigos.

Le Jardin

Para quem aprecia o melhor da gastronomia franco-italiana, o Le Jardin du Golf está com deliciosas novidades no cardápio, assinadas pelos chefs Carlos Augusto Veloso e Christine (foto), que, dentre os inúmeros estrelados cursos que têm de gelato, agora também é sorveteira diplomada pelo professor italiano Massimo Conti, do ICIF São Paulo. O restaurante funciona de terça a sábado, para almoço e jantar. No domingo, a casa fica aberta das 12h às 17h, com uma vista de tirar o fôlego.


Você pode gostar
Publicidade