Siga o Jornal de Brasília

Gilberto Amaral

Previdência e os bancos

Publicado

em

Há décadas que os bancos vêm lucrando, assustadoramente, às custas do povo brasileiro. Com juros exorbitantes cobrados em transações bancárias e, principalmente, nos cartões de créditos, as autoridades assistem caladas. Historicamente, os bancos no Brasil são os que têm os maiores lucros entre as empresas de capital aberto. Por isso, o País entra em crise e sai de crise, mas os bancos saem incólumes. Os bancos brasileiros são o melhor negócio do mundo.

Lucros absurdos

Exemplo do abuso: segundo a Economática, em plena crise econômica do País, a mais grave de sua história, os quatro maiores bancos brasileiros (Itaú, Brasil, Bradesco e Santander) apresentaram, somente no segundo semestre de 2018, lucro líquido de R$ 16,88 bilhões. Foi o segundo maior da série histórica.

Cheque especial

Conforme a Economática, o maior lucro da série iniciada em 2006 foi o do segundo trimestre de 2015, nada menos do que R$ 17,34 bilhões. Isso no ano da pior crise econômica do Brasil. Juros estratosféricos, cheque especial acima de 300% ao ano e os maiores abusos no crédito e na cobrança de dívidas, como pode isso?

Rombo
Já passou da hora de o Governo dar um jeito nesse “assalto” absurdo. Pressionado a fazer a Reforma da Previdência, que terá este ano um rombo estimado em R$ 218 bilhões, se eu fosse o Governo já teria feito justiça ao povo, adotando uma solução usando o lucro dos juros bancários, que é pago pelo povo, para cobrir o rombo da Previdência, que não para e não vai parar de crescer.

Chega de abuso
É preciso dizer com clareza uma coisa: o absurdo dos altos juros no Brasil, praticado sob legalidade, é um escândalo internacional. Só não é visto pelos cegos e pelos governantes que só pensam neles. Esse é o meu pensamento. Está na hora do Governo procurar saber para onde vai esse lucro estratosférico e resolver o problema da Previdência. O povo não aguenta mais pagar o pato!

Folia no Venâncio
Em clima de folia, o Venâncio Shopping realizará, pelo terceiro ano consecutivo, o Bailinho de Carnaval. A festa acontece em horários distintos, no dia 23.

Borbulhas
A Sparkling Wine Fair, feira internacional de espumantes, já tem data para sua realização. O evento, um dos principais do País, acontece nos dias 13 e 14 de setembro, no Pontão.

B-day
Às 12h30, no La Tambouille, Augusta Lobo ganha almoço de aniversário das amigas.

Superlua
Quem olhar para o céu amanhã à noite, no Brasil e em vários outros lugares do mundo, verá a lua especialmente grande e brilhante. É o resultado de um fenômeno astrológico conhecido como Superlua.

Saúde na Escola
Gestores públicos têm até o fim deste mês para indicar o interesse em participar do Programa Saúde na Escola. O prazo foi prorrogado para o dia 28. Ao participar do PSE, os municípios recebem incentivos financeiros do Governo Federal para realizar ações de prevenção de doenças e promoção da saúde com educandos de escolas públicas.

Posses
As advogadas Daniela Peón Tamanini (foto) e Juliana Porcaro Bisol foram empossadas como membros do Tribunal de Ética da OAB do Distrito Federal e da Comissão de Prerrogativas da mesma Seccional. Outra advogada, Fernanda Maul, tomou posse apenas no Tribunal de Ética, que é presidido pelo advogado Antonio Alberto do Valle Cerqueira. O atual presidente da OAB-DF é o advogado Délio Fortes Lins e Silva. Em gestões anteriores da Seccional brasiliense, Daniela Tamanini integrou a Comissão de Prerrogativas da entidade.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

    Charge
Publicidade