Siga o Jornal de Brasília

Gilberto Amaral

O guerreiro descansou

Publicado

em

Publicidade

Verdade seja dita, depois de Juscelino Kubitschek, pouquíssimos políticos amaram Brasília como Joaquim Roriz (foto). Em suas quatro passagens pelo Palácio do Buriti, Roriz sempre demonstrou com sobras o seu amor e afinco pelo trabalho, em sintonia com as necessidades do povo, que o idolatrava, bem como para com as demandas do DF. Legítimo “tocador de obras” como poucos, por vezes deixou o ar condicionado para percorrer as muitas construções que realizou na capital. Entre as mais importantes, estão o Metrô, a Ponte JK e a criação e urbanização de mais de cinco satélites. Um revolucionário!

A história progressista da capital está diretamente ligada ao eterno governador Roriz, que nos deixou ontem depois de cumprir brilhante missão, para habitar o Reino dos Céus! Lá, certamente foi recebido e amparado pelos espíritos iluminados como o seu. Depois de ser velado no Memorial JK e em cortejo seguir para o Campo da Esperança, às 11h seu corpo será sepultado na Ala dos Pioneiros!

Happy day
Um luxo, como sempre, o almoço que Ana Maria Gontijo ofereceu para festejar o aniversário do querido Luiz Carlos Alvarenga. Louças, pratarias e arranjos impecáveis, menu saborosíssimo e champanhe geladinho, tudo organizado com o maior capricho para celebrar mais uma primavera do maquiador das chiques e perfumadas da Corte, que estava radiante com a merecida homenagem.


Você pode gostar
Publicidade