Siga o Jornal de Brasília

Figuras de Brasília

Figuras de Brasília: Joaquim Cardozo

Joaquim Cardozo nasceu em Recife, no dia 26 de agosto de 1897. Começou a estudar engenharia em 1915, mas só concluiu o curso 15 anos depois, devido a dificuldades econômicas. Durante esse período, trabalhou como topógrafo e prestou o serviço militar.

 

 

Cardozo especializou-se em cálculo de estruturas e ficou famoso por sua parceria com Oscar Niemeyer em diversos projetos. O primeiro deles foi o conjunto da Pampulha, nos anos 1940, encomendado por Juscelino Kubitschek, que era o prefeito de Belo Horizonte.

 

Oscar Niemeyer e Joaquim Cardozo na Pampulha, em Belo Horizonte

 

Durante a construção de Brasília, Niemeyer chamou o engenheiro para realizar o cálculo estrutural de suas obras mais importantes: a Igrejinha, a Catedral, o Palácio da Alvorada, o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e o Itamaraty.

Além da engenharia, Joaquim Cardozo também notabilizou-se como poeta, tendo publicado vários livros entre 1946 e 1975. Sua obra inaugural, chamada Poemas, teve o prefácio de Carlos Drummond de Andrade, de quem era amigo.

 

 

Cardozo morreu em 1978, aos 81 anos, por consequências de uma arteriosclerose.

 

“Eu não quero o teu corpo
Eu não quero a tua alma,
Eu deixarei intato o teu ser a tua pessoa inviolável
Eu quero apenas uma parte neste prazer
A parte que não te pertence”

Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA