Siga o Jornal de Brasília

Esplanada

Salário mínimo deveria ser de R$ 3,9 mil, aponta Dieese

Publicado

em

O salário mínimo de 2018 deveria estar no patamar de R$ 3.959,98 para sustentar uma família de quatro pessoas. Valor quatro vezes maior que o atual mínimo de R$ 954,00.

Conforme estimativa do Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), ao longo do ano, o salário se manteve defasado para atender às necessidades básicas do trabalhador e de sua família, com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e Previdência Social.

O levantamento leva em consideração os itens da cesta básica que, durante o ano, ficou mais cara em 16 dos 18 Estados onde a pesquisa foi feita.

As altas mais expressivas registradas nos últimos meses foram em Belo Horizonte (7,81%), São Luís (6,44%), Campo Grande (6,05%) e São Paulo (5,68%).

Em 2019, o salário mínimo continuará defasado. Isso porque o Congresso aprovou reajuste de apenas R$ 44,00 e o valor passará a ser de R$ 998 a partir do dia 1º de janeiro.

Política de Defesa alerta futuro Governo sobre relações pacíficas com países

Promulgado pelo Senado, o texto da nova Política Nacional de Defesa traz recomendações a futuros ministros do Governo Bolsonaro (PSL) ao sublinhar que “a paz e a estabilidade nas relações internacionais” dependem da diplomacia “para a conjugação dos interesses conflitantes dos países”.

Há ‘entraves’ no Governo. Paulo Guedes, futuro ministro da Economia, afirmou em outubro que o Mercosul “não é prioridade” do próximo Governo.

Já o diplomata Ernesto Araújo, futuro ministro das Relações Exteriores, criticou a “ideologia globalista” e saiu em defesa do que chama de “nacionalismo ocidental”.

Promessa

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) aposta no apoio dos veteranos do Senado para voltar ao comando da Casa. Os alvos da campanha agora são caciques tucanos a quem tem prometido, se eleito, presidências de comissões importantes e cadeiras na Mesa-Diretora do Senado.

 

Olho neles!

Cartrawler não é um nome conhecido no Brasil. Mas, representa um conglomerado de empresas que aluga carros em várias cidades do mundo. Só que nunca está disposta a perder, mesmo quando erra.

Recentemente, com o apoio da Hotéis.com (esta bem conhecida) direcionou uma locação para Porto (em Portugal), quando o cliente pediu Porto Alegre (RS). Além de ficar sem carro, o incauto ainda teve que pagar a duas “rentalcar” – Cartrawler e Localiza. E não houve argumento que o fizesse recuperar o dinheiro perdido.

 

 

Disque 180

Deputada Tia Eron (PRB-BA) quer que estabelecimentos comerciais fixem em local público e visível placa divulgando os telefones da Central de Atendimento à Mulher (Disque 180) e do Serviço de Denúncia de Violações aos Direitos Humanos (Disque 100).

Autora do projeto (PL 10708/18), Erondiz que o grande número de acessos não significa que os dois serviços sejam conhecidos por toda a sociedade. Texto prevê que o descumprimento da medida sujeita o infrator a pena de advertência ou multa que pode chegar a R$ 10 mil, podendo ser aumentada em caso de reincidência.

 

Posse

O Congresso Nacional realiza no domingo, 30, o segundo ensaio preparatório da posse presidencial de Jair Bolsonaro (PSL) com o tapete vermelho e identificação de convidados, além do policiamento e todos os funcionários em seus postos de trabalho.

 

Missionárias

Instituto Ekloos está mobilizando arrecadações para o almoço de fim de ano para 450 pessoas em situação de rua, organizado pelas Irmãs Missionárias da Caridade no dia 28 de dezembro na sede na Lapa. Doações para o evento poderão ser deixadas no abrigo, que fica na Travessa do Mosquera, 14, Centro. Informações no telefone (21) 2516-2854 e [email protected].


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade 
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Publicidade