fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Esplanada

Risco Gabrielli

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Comemorado por uns, e rejeitado por outros, como potencial presidente da Petrobras caso Haddad se eleja presidente da República, o coordenador da campanha do petista ao Planalto, José Sérgio Gabrielli (foto), é carta fora do jogo do Poder se vislumbra essa hipótese. Ele, que já ocupou por anos o cargo, fica proibido pela nova Lei das Estatais (nº 13.303), sancionada em 2016. O Artigo 17, Parágrafo Segundo, Inciso II da Lei é claro: é vedada a indicação para cargo de conselho de administração e diretoria quem atuou, nos últimos 36 meses, “como participante de estrutura decisória de partido político ou em trabalho vinculado a organização, estruturação e realização de campanha eleitoral”.

Time inteiro
A Lei barra não só Gabrielli na Petrobras ou em qualquer cargo de estatal, em eventual Governo Haddad, como também a sua trupe de técnicos que o segue na campanha.

Primeira infância
A Rede Nacional Primeira Infância lançou a campanha “Criança é Prioridade nas eleições 2018”. O objetivo é fazer com que os candidatos aos Governos dos Estados e os presidenciáveis assinem termo de compromisso garantindo que vão criar políticas que garantam os direitos das crianças de zero a seis anos, ou cumprir as que já existem.

Falta muito
Acredite, dos 199 candidatos a governos de Estados, a duas semanas da eleição apenas 29 assinaram o documento se comprometendo. O documento lembra que, hoje, tratam-se de nada menos que 19 milhões de crianças. Estados em que tiveram assinaturas: DF, PI, PE, MA, RO, TO, SC. GO. RS, RN e CE.

Presidenciáveis
Alvaro Dias (Podemos), Marina Silva (Rede) e Geraldo Alckmin (PSDB) já assinaram o documento. Hoje, quem rubrica o compromisso é o petista Fernando Haddad. Líder nas pesquisas, Jair Bolsonaro ainda não, porque está internado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mercadinho 2.0
Mais sobre a articulação para a reabertura do Mercadinho São José, polo gastronômico e cultural em Laranjeiras, no Rio, cujo imóvel é do INSS: A MP 852 abre o caminho para a transferência de propriedade do prédio decano para a Secretaria de Patrimônio da União – e o Governo já articula a cessão do imóvel para o Ministério da Cultura.

Copo na mesa
Sob a tutela do MinC, caberá à pasta regulamentar a situação do prédio para a reabertura dos bares, restaurantes e galeria – em contrato com os inquilinos. As negociações passam pelo presidente do INSS, Edison Garcia, o ministro da Cultura Sá Leitão (foto) e o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia – estes dois últimos moradores do Rio e entusiastas da reabertura do Mercadinho.

Memória
Conforme antecipamos, o INSS levantou os seus mais de 5 mil imóveis no País para fazer leilão de boa parte deles. Na lista estavam o Mercadinho e Teatro Cacilda Becker.

Previdência, de novo
Michel Temer vai derrubar por duas semanas, em novembro, a intervenção federal na Segurança do Rio para tentar aprovar um texto de consenso da reforma da Previdência – mesmo que seja paliativa, como a de Governos anteriores. Antecipamos no dia 7 de maio que ele tentaria retomar a votação.

Sem crise
A despeito da crise financeira do Estado do Rio, a Secretaria de Educação colocou os salários dos professores em dia, e 100% das escolas estão em reforma – grandes ou pequenas – afirma o secretário Wagner Victer.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

MERCADO
Cases na ONU
As Lojas Americanas e B2W Digital patrocinam hoje em Nova York , na sede da ONU, o ‘SDGs in Brazil – the Role of the Private Sector’, evento da Rede Brasil do Pacto Global da ONU, que apresentará histórias bem-sucedidas de empresas brasileiras, em alinhamento à Agenda 2030.

Cases na ONU 2
A MRV Engenharia também baixa em Nova York, na sede da ONU. Seus executivos participam, hoje, de seminário sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável no Brasil. A ideia é apresentar ao mundo suas práticas sustentáveis no canteiro.

ESPLANADEIRA
» Consultor treinado pelo Serviço de Inteligência israelense, Daniel Schnaider, sócio-diretor da SCAI Group, lança “Pense com calma, aja rápido – um Guia Prático para Decisões de Impacto”, do selo Best Business, da Record .
» A Receita Federal instituiu novo cadastro de atividade econômica para produtores rurais e pessoas físicas (CAEPF).


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade