fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Esplanada

Queda anunciada

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Osmar Serraglio, caiu do Ministério da Justiça porque perdeu poder de interlocução com a Polícia Federal, subordinada a ele. Desde a operação Carne Fraca, na qual foi flagrado num telefonema com fiscal da Agricultura intercedendo por frigorífico investigado, Serraglio não tem qualquer tratativa de importância com a cúpula da PF, missão essa que caberá agora a Torquato Jardim. O Palácio não desistiu ainda de emplacar uma delegada no lugar do atual diretor-geral da PF, delegado Leandro Daiello.

Te cuida, LJ

O novo ministro da Justiça, Torquato Jardim, é muito crítico das prisões de ‘longa temporada’, modelo usado pelo juiz Sérgio Moro para enquadrar sacripantas.

Escoltado

O deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da reforma da Previdência, anda escoltado em Brasília e Campo Grande por dois agentes legislativos armados.

Escoltado 2

O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), temeroso de ataques homofóbicos, também circula com segurança, particular, inclusive dentro do Congresso.

Vaca no brejo

Há uma articulação político-institucional para invalidar a delação premiada de Joesley Batista, com o pretexto de que a PGR foi benevolente com os empresários. Caso o plenário do STF derrube, vão para o brejo as denúncias contra Michel Temer e Aécio Neves, que se livram dos inquéritos. Os Batista teriam de topar nova delação.

Toga quente

Evidente que os ministros da Corte não participam de conluio, mas é forte a pressão e tentativa de advogados das partes no convencimento dos nobres togados.

Intocável

Apesar da pressão do Palácio e do líder do Governo, Romero Jucá (PMDB-RR), o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) mantém-se intocável na liderança da bancada. Conta com o apoio de 13 dos 21 senadores peemedebistas.

Mala chipada

Os agentes da PF perderam de vista Rocha Loures ao segui-lo por São Paulo após receber a mala com R$ 500 mil de Ricardo Saud, da JBS. Mas a mala estava ‘chipada’, com rastreador. A PF sabe onde ela foi parar. E principalmente, por onde passou.

Volta a fita

A Mesa Diretora se enrolou na resposta e corrigimos: o Senado foi notificado, sim, pelo STF, para o afastamento do senador Aécio Neves, o que foi feito no ato.

Volta às origens

O PT voltou às origens, pelo menos em Curitiba. Instalou banca para filiação na Boca Maldita, no Centro, com venda de botons e meta de 200 camisetas, além de promover bingos e rifas, divulgou o Blog do Tupan.

Tá difícil

O líder do Governo, senador Romero Jucá, crava que serão votadas as reformas trabalhista (no Senado) e da Previdência (entrará na Câmara): “Vamos insistir. Quem quiser divergir, que se faça divergência no campo das ideias, não da violência”.

Ralo da propina

Com o dinheiro da corrupção apenas da Odebrecht e a JBS, seria possível construir 1.579 creches, para atender 253 mil crianças; comprar 24,4 mil ambulâncias e 16.666 ônibus escolares, entre outros itens, levantou a ONG Contas Abertas.

Pegando peso

A 19ª edição da única feira fitness do Estado do Rio acontece de 8 a 10 de junho, no Centro de Convenções SulAmerica. É a Rio Spot Show 2017. Os organizadores apostam no reaquecimento do mercado brasileiro.


Leia também
Publicidade