fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Esplanada

Prefeituras podem dar calote na coleta de lixo

Leandro Mazzini

Publicado

em

PUBLICIDADE

Há risco de a situação sanitária pública piorar nas próximas semanas em meio ao aumento de casos de óbitos e contaminados por coronavírus: o lixo pode ficar ao vento nas calçadas de centenas de cidades.

É que prefeituras com serviços terceirizados já alertaram às fornecedoras que vão atrasar – em alguns casos, não pagar – a coleta. O presidente do Sindicato Nacional das Empresas de Limpeza Urbana (Selurb), Márcio Matheus, é quem dá o alerta.

Lembra que as empresas já lidavam com altos índices de inadimplência e tiveram aumento de custos com a proteção higiênica dos trabalhadores.

Segundo Matheus, 70% dos municípios do Brasil terceirizaram a limpeza urbana. “A inadimplência já é crônica e acumula R$ 18 bilhões, em torno de 15% a 18%”.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade