fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Esplanada

Dois sob suspeição

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes sofre pressão interna e externa para declarar suspeição no julgamento do pedido de prisão do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), que deve ocorrer em agosto. Moraes chegou ao comando do Ministério da Justiça e à cadeira do saudoso Teori Zavascki com apoio e lobby do senador mineiro. Outro sob suspeição é o ministro Gilmar Mendes, conhecido de Aécio há décadas – já foi AGU do Governo de Fernando Henrique – e flagrado em grampo.

Do peito

No áudio da PF, Aécio propõe tráfico de influência de Gilmar para que o togado peça apoio a senadores pelo projeto de lei de abuso de autoridade, que tramita no Senado.

Pé na porta

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Alexandre de Moraes já foi filiado ao PSDB entre dezembro de 2015 e fevereiro de 2017, e na sua passagem pelo Ministério da Justiça era muito visitado por Aécio.

Histórico

Antes da bomba contra Aécio, o senador declarou que mais de “30% dos nomeados para o STF, nos últimos 20 anos, tiveram filiação partidária” e que isso não é demérito.

Cocô no Poder

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Polícia Legislativa avançou na investigação sobre quem enviou o envelope com papel e cocô para o gabinete do presidente Rodrigo Maia, como revelou a Coluna dia 22. Origem foi de Brasília mesmo, e vídeos de uma agência dos Correios estão sendo analisados. Vão cruzar os dados da hora da postagem com a movimentação no salão.

Cassado 2.0

O Conselho Federal da OAB cassou ontem, no fim do dia, a carteira de advogado de José Dirceu. Livre da cela da Lava Jato, residindo em Brasília, ele tinha esperança de advogar como atividade extra. O pedido foi feito pelo advogado brasiliense Paulo Fernando Melo.

Correndo atrás

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A oposição coleta assinaturas no Conselho de Ética para contestar o arquivamento, sem qualquer análise, do pedido de cassação do senador afastado Aécio Neves. Mas está difícil: Assinaram Lasier Martins (PSD-RS) e José Pimentel (PT-CE); Capiberibe (PSB-AP) e Pedro Chaves (PSC-MS) prometeram para hoje.

25 anos

O judoca Rogério Sampaio será homenageado em Santos, sua terra natal, dia 3 de agosto, pelos 25 anos da conquista do Ouro em Barcelona. Ele foi o segundo Ouro na categoria após Aurélio Miguel. Rogério foi para a Espanha com quimono emprestado e venceu dois campeões – um olímpico e outro mundial – até conquistar a medalha.

ABCD

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Rogério Sampaio é hoje o diretor da ABCD, Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem, do Ministério do Esporte, e a gestão é elogiada por técnicos da área.

Uma prévia

João Dória Jr, o prefeito presidenciável de SP, faz palestra no almoço do LIDE Brasília amanhã num hotel da capital. Virá a convite de Paulo Octávio e outros empresários.

Mágoa sim

Ele não demonstra, mas aliado muito próximo do governador Geraldo Alckmin, que sonha com a Presidência, diz que ele fica doído quando citam Dória para a vaga.

Batalha do inquérito

O artigo na Folha de S.Paulo de domingo do procurador da Lava Jato Luiz Fernando, que faz dupla com Deltan, causou polêmica na PF. Ele crava que só o Ministério Público tem poder para avalizar colaboração premiada, a famosa delação.

Ciumeira

A Coluna revelou em abril um caso em que a força-tarefa do MP Federal na Lava Jato barrou uma tentativa de delação feita por delegados da PF de um figurão. Depois, os procuradores cercaram o mesmo alvo e o fizeram falar através do MP.

Palavra do Xerife

Márcio Anselmo, o delegado de PF ex-chefão da Lava Jato, vai lançar o livro “Colaboração Premiada” (Ed. Mallet), da série Doutrina & Prática. Com prefácio do juiz federal Sérgio Moro. Anselmo hoje é lotado na Superintendência de Vitória.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade