fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Esplanada

Direção dos Correios dribla greve e consegue fazer entregas com força-tarefa

Leandro Mazzini

Publicado

em

PUBLICIDADE

O presidente dos Correios, general Floriano Peixoto, cresceu em cotação no Palácio – de onde saiu para estruturar os Correios para a privatização. Pela primeira vez na história da estatal, numa greve nacional, conseguiu fazer uma força tarefa de servidores para não paralisar entregas postadas antes do fechamento das agências.

Só no último fim de semana, foram entregues, segundo a estatal, mais de 1,2 milhão de cartas e encomendas em todo o Brasil. Com mão de obra e carros extras. Nos centros de distribuição houve triagem de 4,7 milhões de encomendas.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade