fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Esplanada

Bombeiros do Palácio e Judiciário tentam apagar incêndio causado por Gilmar

Leandro Mazzini

Publicado

em

PUBLICIDADE

A citação infeliz do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, associando o Exército Brasileiro a um governo genocida apareceu num momento em que há, nos bastidores, esforço tremendo do presidente da República de trégua de bolsonaristas – políticos e militantes – nas críticas públicas à Corte e ao Legislativo.

A turma do ‘deixa disso’ tentou agir rápido ontem, quando as declarações já tomavam rumos judiciais. O presidente Jair Bolsonaro segue em boa relação pessoal com o ministro presidente Dias Toffoli. Mendes jogou um galão de querosene num paiol onde há faísca constante, e acendeu a ira dos militares.  




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade