fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Esplanada

Basquete: BRB terá prioridades em negócios e prepara agenda nacional de eventos

Leandro Mazzini

Publicado

em

PUBLICIDADE
Da Coluna Esplanada
 
A despeito da polêmica em Brasília e da chiadeira dos times adversários, o Banco de Brasília (BRB) garante que o patrocínio para o Flamengo, o time de Brasília e as seleções brasileiras masculina e feminina de basquete, conforme antecipado pela Coluna, vão garantir retorno para o banco e para a capital e os brasilienses. Garante o presidente da instituição, Paulo Henrique Costa. Ele lembra que a iniciativa é respaldada pelo estatuto da instituição.
 
O Flamengo passará a jogar mais na capital, onde tem, proporcionalmente,mais torcedores que o Rio de Janeiro. Haverá mais centros de treinamentos nas escolas públicas e um retorno financeiro para toda a cadeira turística da capital e entorno. O BRB, segundo Paulo Henrique, também terá prioridade em negócios envolvendo os clubes e a Confederação Brasileira. Até passes e negócios de imagens envolvendo jogadores entram no acordo. 
 
“O Flamengo deu prioridade ao BRB nos futuros negócios, como seguros , empréstimos, captação de investimentos por meio de jogadores”, explica Paulo Henrique à Coluna. “E há um projeto de crescimento nacional do BRB com a estreia do Banco Digital” da instituição, complementa o executivo, lembrando que agora a instituição passará a ser reconhecida no país e no mundo como a patrocinadora oficial do basquete brasileiro, cujos CTs se transferem para a capital.
 
O presidente do banco lembrou ainda que o investimento no patrocínio é menor em relação a outros anos, e com estimativas de retorno espontâneo de imagem e de negócios muito superiores. O programa é baseado em quatro pilares: patrocínio para os clubes e seleções, transferências dos CTs para a capital federal, adoção de CTs nas escolas públicas e incentivo ao esporte (uma vocação antiga do DF), e sediar grandes eventos nacionais e internacionais em Brasília.
 
Nesta última etapa-desafio, o BRB conta com parceria da Secretaria de Esportes do GDF, com Leandro Cruz à frente da pasta. Em entrevista recente à webtv, da Coluna/JBr, Cruz antecipou que o GDF prepara uma agenda de eventos esportivos para incluir a capital no circuito de vários esportes.
 
A iniciativa causou polêmica na capital, por ser inédita, e por outros times não terem sido contemplados. Mas o executivo, respaldado pelo governador Ibaneis Rocha, garante que a médio prazo os resultados sociais – principalmente – e os financeiros para o banco serão comemorados.



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade