fbpx
Siga o Jornal de Brasília
Eixe-se com Solange Cianni Eixe-se com Solange Cianni

Eixe-se

Eixe-se com Solange Cianni

Atenção, amantes da leitura: a história de Solange Cianni foi escrita especialmente para vocês, e damos a garantia aprovação!

Eixe-se

Publicado

em

PUBLICIDADE

Solange Cianni nasceu no Rio de janeiro em 1957 e mudou-se para Brasília, ainda menina, com sua família, e fez do quadradinho o seu lar. É mãe, avó, Pedagoga e Psicopedagoga, e terapeuta holística, membra do Colégio Internacional dos Terapeutas da Unipaz/Df, com especialização na UNB/BSB e Universidade de Barcelona – Es/2007.

Nossa artista da semana aplica a metodologia Arte de Viver em Paz, em capacitação e formação continuada de professores, visando crescimento pessoal, profissional e estreitamento de vínculo afetivo, inspirados na Cultura de Paz e nas diversas linguagens e expressões artísticas como processo de autoconhecimento e boa convivência.

Solange já nasceu com alma de artista. Ela começou ainda criança na dança, e ao se tornar adolescente entrou no teatro. Como bailarina e atriz, participou de diversos espetáculos dirigidos por Hugo Rodas, Bibi Ferreira, Marcia Duarte (coreógrafa), Fernando Villar, Jonathan Andrade e Guilherme Reis, tanto no Rio quanto em Brasília.

Como atriz, destaca os trabalhos em “Gota D’Água”, ao lado de Bibi Ferreira, inaugurando o teatro Dulcina em Brasília, nos anos 80, e com diretores renomados da cidade. Na dramaturgia infantil escreveu e produziu “Quem Tem Medo de Ter Medo”, direção de Fernando Villar, apresentada na Funarte, em 1995.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como escritora lançou seu 1º livro para adultos em Brasília, no ano passado: Cigarras, Lagartas e Outras Marias. Já na literatura infantil, possui 5 livros publicados: Clodoaldo Pé Descalço, Doce Princesa Negra – lançamento no Espaço Cultural Renato Russo/1995, tendo o livro se tornado uma animação no programa A Cor da Cultura-TV Cultura -, O Presente do Pajé, A Fadinha Vivi, AÍDA Colorida e alguns contos e poemas em coletâneas do Mulherio das Letras Nacional.

É membra do Colégio Internacional dos Terapeutas, voluntária da Unipaz/DF e do Coletivo Editorial Maria Cobogó (www.mariacobogo.com.br). Em setembro deste ano, Solange foi convidada para apresentar Aída Colorida no Encontro Virtual Mulherio das Letras, em Portugal!

Falando de seu mais novo projeto, “Aída Colorida”, Solange demonstra muito amor e apreço pela obra, que conta com ilustrações de Kleber Cianni, projeto gráfico de Omar Rosário e finalização de Beatriz Socha.

“Criar AÍDA foi muito prazeroso porque mergulhei no universo de livre expressão de palavras, cores, movimento e grafismo. Lugar intenso e encantador, cheio de criatividade e entusiasmo: o mundo da criança pequena . Educadora há cerca de 40 anos, encontro AÍDA brincando no parque, pulando, dançando, cantando, brigando, chorando e rindo a todo momento no meu dia-a-dia. Espontânea e verdadeira, é capaz de sentir raiva, inveja, alegria e amor, tudo junto e misturado.” – Solange Cianni

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Confiram as redes sociais de Solange e conheça o seu trabalho! Por hoje é só. Nos encontramos aqui quinta-feira na nossa coluna para a história de mais uma empresa. Fiquem ligados!

Redes Sociais: @solangecianni e @mariacobogo

Conheça as histórias contadas pelo Eixe-se




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade