fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Do Alto da Torre

Nada de concurso por enquanto

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A Mesa Diretora da Câmara Legislativa prometeu para hoje o anúncio da banca que fará o concurso da Casa. Mas já recuou. Os deputados que formam a Mesa ainda não conseguiram fechar posição se quem deve assumir o certame é a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades) ou o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), antigo Cespe.

Um retrato para provar

Almoçaram juntos, ontem, os eventuais candidatos ao Governo do DF Alírio Neto (PTB) e Jofran Frejat (PR). Depois da prisão de Tadeu Filippelli (PMDB), principal mentor da aliança da direita para 2018, os dois resolveram posar em foto para garantir aos aliados – e aos adversários – que permanecem juntos rumo à campanha em oposição ao governo de Rodrigo Rollemberg (PSB). Dizem que entrarão na disputa para “acabar com o marasmo da gestão e promover o desenvolvimento do Distrito Federal”.
Coxinha, não!

Em mais um discurso agitado, na última terça-feira, o deputado Lira (PHS) disse, ao ser chamado de “coxinha” pela galeria, que a votação do Instituto Hospital de Base não se tratava de uma disputa entre “coxinha e mortandela (sic)”. E, em seguida, afirmou que tem muito líder sindical que dá o sanduíche de mortadela “pros pelego”, mas almoça em churrascaria chique.

Na Mesa

Desde que Juarezão (PSB), na condição de vice-presidente, assumiu o comando da Câmara Legislativa, Telma Rufino (Pros) tomou assento na mesa do Plenário e tem ajudado a secretariar os trabalhos. Quando a nova Mesa Diretora tomou posse, ela lá permaneceu, já que, na nova formação, ela é suplente de Sandra Faraj (SD), que nunca aparece na posição de destaque. Investigada por uso indevido da verba indenizatória e por cobrar dízimo dos servidores do gabinete, a deputada do SD tem preferido circular só pelo Plenário mesmo.
Cada coisa no seu lugar

Parte das pessoas que ocupavam a galeria da Câmara no dia da aprovação do Instituto Hospital de Base é velha conhecida dos deputados distritais. Lideranças comunitárias favoráveis à proposta do governador mandavam recados de “linda” para Celina Leão (PSB), mas, quando ela pegava o microfone para criticar o projeto, a galeria gritava “Liliane, Liliane, Liliane…”.

Ainda lembraram da Drácon

A pirraça veio depois de um embate travado pelas duas, na tribuna, quando Celina citou as gravações da Operação Drácon feitas por Liliane, que fez questão de descer ao Plenário para rebater. Cada parte da galeria tomou partido de um lado.
Telma quer prioridade para vítimas de violência

Telma Rufino apresentou projeto de lei para incluir as mulheres vítimas de violência doméstica como uma das prioridades da Política Habitacional do Distrito Federal. De acordo com a legislação em vigor, já são prioridades mulheres chefes de família, pessoas com mais de 60 anos, pessoas com deficiência e famílias removidas de áreas de risco. Para a parlamentar, o afastamento da mulher agredida do agressor nem sempre é possível em virtude da condição social e financeira da família. Assegurar a prioridade a essas mulheres vai ajudar a resgatar a dignidade e autoestima dessas famílias.

Vigilante em batalha contra o câncer

Conhecido por defender posições com muita veemência e pela sinceridade nos discursos, o deputado distrital Chico Vigilante (PT) gravou um vídeo para anunciar que, recentemente, descobriu um câncer na tireóide. Em estágio inicial, o tumor será operado hoje. “Eu vou voltar com muita garra e muita força. Não é esta doença que vai me abalar. Eu sei do poder da oração e tenho certeza que vou vencer a mais dura batalha da minha vida. Já venci tantas. Vou vencer mais esta”, diz.

Oração

No vídeo, em tom mais solene que o normal, o petista diz ter se sentido no dever de comunicar à sociedade do problema, diferentemente de outros políticos que preferem esconder os dramas pessoais. E pediu oração aos que o seguem para que “possa sair vitorioso dessa batalha”.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade