fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Do Alto da Torre

Estádio Mané Garrincha deve ter complexo cinematográfico

Após a aplicação dos mais de R$ 300 milhões a serem investidos nos próximos dois anos, o complexo deve receber um espaço de alimentação que reunirá de 25 a 30 restaurantes

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O consócio Arena BSB, gestora do Estádio Mané Garrincha, tem se movimentado para iniciar os diversos investimentos prometidos para todo o setor que agora está sob sua responsabilidade. Uma das primeiras novidades deve ser a instalação de um grande complexo cinematográfico. A gestão do Mané fechou acordo com o Cinépolis, para a abertura de 16 salas de cinema.

Alimentando o público

Após a aplicação dos mais de R$ 300 milhões a serem investidos nos próximos dois anos, o complexo deve receber um espaço de alimentação que reunirá de 25 a 30 restaurantes.

Pressão

Foto: Wilter Moreira
Deputado Jorge Vianna

Um dos parlamentares da base governista da Câmara Legislativa a elevar o tom contra o governo é o distrital Jorge Vianna (Podemos/foto). O parlamentar da saúde tem recebido pressão da base eleitoral por conta da demora na disponibilidade da Gata (uma gratificação dos servidores da saúde). O pagamento parcelado, planejado pelo Buriti, deve aumentar a pressão em cima de Vianna.

Agrado

Na intenção de agradar o distrital Iolando Almeida (PSC), o governador Ibaneis Rocha (MDB) deve assinar o contrato de construção da primeira UPA de Brazlândia, prevista para sexta (6). O chefe do Executivo também deve estudar a expansão da avenida São José. O parlamentar do Centrão deve seguir a orientação do bloco na votação dos projetos palacianos.

Ceilândia esportiva

A administração de Ceilândia, comandada por Marcelo Piauí,
já tem elaborado os projetos para a revitalização de 84 quadras esportivas na região.
O mapeamento já foi feito e o administrador tem conversado com os parlamentares locais para que destinem recursos de emendas parlamentares à cidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Uber I

Em meio às discussões sobre o PL 717/20 , de autoria do distrital Daniel Donizet (PSDB), que altera a regulamentação do serviço de motorista por aplicativos no Distrito Federal, a Uber deve antecipar o lançamento da ferramenta DOC Scan primeiramente para Brasília. Através do recurso, que estava previsto para chegar ao Brasil no primeiro trimestre deste ano, passageiros que optarem por realizar pagamento em dinheiro terão que submeter documento de identificação para verificação e autenticação.

Uber II

Apesar de considerarem o uso de câmeras de segurança dentro dos carros dos motoristas parceiros contrário à política de privacidade da empresa, a medida não é descartada pela Uber. “Já estamos testando nos Estados Unidos”, revelou à coluna o assessor de comunicação da Uber na área de segurança, Márcio de Meo.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade