fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Do Alto da Torre

Acordos alteram configurações de poder na CLDF

Jaqueline Silva (PTB), João Cardoso (Avante), Fernando Fernandes (Pros), Hermeto (MDB) protagonizam dança das cadeiras no legislativo local

Lucas Valença

Publicado

em

PUBLICIDADE

A deputada distrital Jaqueline Silva (PTB) decidiu deixar a presidência da Comissão de Fiscalização, Governança, Transparência e Controle (CFGTC) para assumir a terceira secretaria da Mesa Diretora, deixada vaga pelo distrital João Cardoso (Avante). Esta será a única exceção da recondução dos integrantes das comissões que deve acontecer hoje.

O acordo construído deve mudar a configuração de poder do Legislativo local. Para a presidência da comissão que ficará vaga com a saída de Jaqueline Silva, o ex-administrador da Ceilândia, distrital Fernando Fernandes (Pros) assumirá a função.

Ao ocupar o novo posto, Fernandes deixará a vice-presidência da Comissão de Segurança, que passará a ser ocupada pelo distrital Robério Negreiros (PSD). Deputados trabalhavam com a possibilidade de o vice-líder do governo na Câmara, deputado Hermeto (MDB) assumisse a função, mas acabou recusando. 

Em um acordo firmado no começo da legislatura, os líderes decidiram que a eleição para as Mesas dos colegiados aconteceriam a cada dois anos, sendo a votação do biênio apenas uma formalidade para a recondução dos integrantes.

A terceira secretaria da Câmara ficou vaga depois que João Cardoso pediu o afastamento da função. Há informações de que o parlamentar anda insatisfeito com os tratos e as negociações políticas vividas na Casa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade